sexta-feira, 15 de novembro de 2019
Busca

Paraíba

Paraíba

RBD é tema de trabalho de conclusão de curso em universidade na PB

Sabrina Coutinho e Emiliano Gomes relembraram a história do grupo mexicano e produziram um documentário com a participação de vários fãs nordestinos.

Por Lillyane Rachel

09h00 - Atualizado 10/10/2019 às 09h10
Emiliano Gomes e Sabrina Coutinho na apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso.
Emiliano Gomes e Sabrina Coutinho na apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso. Foto: Arquivo Pessoal/Emiliano Gomes

Com rebeldia suficiente para fugir do senso comum, Sabrina Coutinho e Emiliano Gomes, graduados de Rádio e Tv da Universidade Federal da Paraíba, inovaram no projeto e na apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Juntos, eles decidiram unir o estudo ao genuíno amor de fã e produzir um documentário sobre a nostalgia da telenovela mexicana Rebelde e da banda RBD.

De 2004 a 2006, Mia Colucci, Roberta Pardo, Miguel Arango, Diego Bustamante, Lupita Fernández e Giovanni López, em um colégio semi-internato, dividiram com milhares de jovens espalhados em diversos países, a astúcia do que é ser rebelde. Os conflitos e as primeiras experiências na adolescência acompanharam toda uma geração que se identificava com a trama que tinha a capacidade de despertar sentimentos no público retratando os medos do futuro, a intensidade e a magia do primeiro amor, o agir com a própria cabeça, a coragem para questionar a autoridade, a ousadia para fazer e lutar pelo que acredita e conquistar o seu lugar no mundo.

Qué Hay Detrás

Os estudantes contaram que por trás desse amor pelo grupo existe identificação. “Nossa relação com a novela sempre foi muito forte. Rebelde representou algo como acreditar nos sonhos e, atrelado a isso, virei fã do conteúdo musical. Como o TCC é um momento muito tenso da graduação, queríamos algo que não nos fizesse sofrer ou adiar. Nosso documentário ‘Y No Puedo Olvidarte’ (E não posso te esquecer) fala sobre a nostalgia que os fãs sentem até hoje, mesmo após o término”, pontuou Emiliano.

“Através dos personagens, a gente se encontrava muito dentro da novela. Ela contribuiu muito para a formação de caráter que acontece durante a adolescência. Foi uma grande paixão na minha vida e isso me levou ao tema do TCC. No documentário, buscamos trazer histórias de outros fãs que relembram os ídolos e ainda ajudam a matar a saudade”, compartilhou Sabrina.

Sabrina Coutinho e a ex-rbd, Maite Perroni, em São Paulo.
Sabrina Coutinho e a ex-rbd, Maite Perroni, em São Paulo. Foto: Arquivo Pessoal/Sabrina Coutinho

Yo digo R, Tu dices BD

Fenômeno mundial, – peço licença aos haters – a RBD composta por Anahí, Dulce Maria, Maite Perroni, Alfonso Herrera, Christopher Uckermann e Christian Chávez colecionou inúmeros discos de platina, ouro e diamante, visitou mais de 23 países fazendo shows em 116 cidades, esgotando ingressos a cada apresentação, obteve mais de 66 milhões de gravações vendidas, duas indicações ao Grammy Latino, 16 nomeações ao Billboard Music Awards e foi capaz de conquistar uma legião de fãs com uma fidelidade que ainda perdura 10 anos depois do término da banda.

“RBD é a banda que fui mais fã na vida e acredito que nunca vou deixar de ser. As mensagens que eles passavam através das músicas me acompanham até hoje”, disse Sabrina.

Rebelde Nordeste                                    

Com intuito de valorizar a cultura nordestina, além de trazer no documentário a participação e relatos de fãs de Fortaleza, Natal, Recife e João Pessoa, os estudantes também fizeram uma breve releitura da telenovela trazendo o sotaque da região, expressões da linguagem e gírias destacando a cultura local.

Sabrina Coutinho e o ex-rbd Christian Chávez, em São Paulo.
Sabrina Coutinho e o ex-rbd Christian Chávez, em São Paulo. Foto: Arquivo Pessoal/Sabrina Coutinho

Un Poco de Tu Amor 

Em setembro deste ano, inspirados no look do grupo mexicano, Sabrina e Emiliano apresentaram o trabalho final uniformizados e devidamente vestidos a caráter. Depois de obter a nota máxima com o estudo, Sabrina teve a oportunidade de entregá-lo em mãos para um dos ídolos, Christian Chávez.

“Fui encontra-lo em São Paulo. Esperei na fila, insisti com a produção e quando chegou a minha vez, dei um abraço nele e imediatamente entreguei e falei para ele do trabalho sobre rebelde”, relembrou.

"Eu até escrevi algumas coisas em Espanhol para que ele entendesse com mais facilidade. Foi muito especial, espero que ele realmente leia um dia", brincou.

Foto: Arquivo Pessoal/Emiliano Gomes

Adiós   

A RBD encerrou a parceria no dia 10 de março de 2009 com o lançamento do último álbum de estúdio 'Para olvidarte de mí' mas de lá para cá, os fãs não perderam a esperança de um possível retorno da banda.

“Se eles anunciassem um reencontro, não importaria o lugar, eu iria. Esse show é um sonho”, contou Emiliano.

“Como todo fã, espero que eles se encontrem de novo e, se acontecer, estarei com a minha faixa na cabeça”, acrescentou Sabrina.

Aún Hay Algo já que nEste Corazón el fuego no se apago, No Pares nunca de soñar porque quem sabe Otro Dia Que Vá você vive a sorte de um reencontro do grupo cantando A Tu Lado. Você é o sétimo RBD?