Paraíba, segunda-feira, 17 de junho de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Morte de Corrinha, a rainha do carnaval de rua de João Pessoa, completa um ano; veja

A foliã morreu aos 63 anos

Por Carlos Rocha

21h28
Foto: Reprodução/ Caso de Polícia - TV Tambaú

Há um ano o carnaval de rua de João Pessoa sepultava a mulher que se tornou um de seus maiores símbolos, Corrinha Mendes, a rainha do bloco cafuçu. A história de Maria do Socorro Mende, ou apenas Corrinha, como era conhecida, se confundia com a do "Folia de Rua". Ela faleceu aos 63 anos, no dia 10 de janeiro de 2018, durante a noite. A foliã lutava contra um câncer que começou na arcada dentária e se espalhou para os outros órgãos.

Considerada a rainha do tradicional "Bloco dos Cafuçus", na capital paraibana, sua marca era a irreverência, a alegria e a inconfundível risada.

Apesar da tristeza de perder a embaixatriz do bloco Cafuçu, Corrinha Mendes, amigos e familiares dela compareceram ao velório com um sentimento diferente, que tem a ver com as memórias boas daquela que foi o símbolo do Folia de Rua em João Pessoa por muito tempo.

Irmãs, primas e outras pessoas próximas de Corrinha se fantasiaram justamente de “cafuçu”, com diversos acessórios extravagantes para homenageá-la, além de incorporarem a alegria contagiante da rainha do Carnaval pessoense. Corrinha foi enterrada já no fim da tarde do dia 11 de janeiro de 2018. O sepultamento aconteceu no Cemitério Jardim Mangabeira, na capital paraibana.

Foto: Reprodução/ Caso de Polícia - TV Tambaú

A precursora do bloco dos cafuçus costumava ir pessoalmente fazer a divulgação do bloco. Ela teve sua última participação na TV Tambaú no dia 3 de Fevereiro de 2017. Na época, ela bateu um papo com o apresentador Fábio Araújo, no Caso de Polícia.

Na ocasião ela falou sobre suas maiores paixões, o carnaval, os bailes e o bloco cafuçu. Em meio a um bate papo descontraído e muitas risadas, mais um vez ela transmitiu uma carga de energia positiva e alegria de viver aos paraibanos.