Paraíba, terça-feira, 13 de novembro de 2018
20° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Comitê de prevenção e combate à tortura na Paraíba seleciona novos membros

O Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (11) trouxe alterações quanto ao conteúdo.

Por Redação Portal T5

09h08

O Comitê Estadual de Prevenção e Combate à Tortura na Paraíba (CEPCT/PB) está selecionando novos membros. O Diário Oficial do Estado (DOE) desta quarta-feira (11) trouxe alterações quanto ao conteúdo.

Para concorrer à vaga é exigido que o candidato apresente diploma ou certidão de graduação superior na respectiva área de atuação, obtido em instituição de ensino oficialmente autorizada e credenciada pelo MEC. Quem for selecionado terá que se dedicar integralmente e ter disponibilidade para viagens.

O período de inscrição começou no dia 2 de julho e se estende até 20 de julho de 2018, durante os seguintes horários: segunda a quinta-feira, das 12 às 17h e sexta-feira, das 08 às 12h, na sede do Ministério Público Federal (MPF), na Avenida Presidente Epitácio Pessoa, no bairro Expedicionários.

O edital diz ainda que o candidato deve comprovar experiências profissionais e prática em Direitos Humanos, bem como da participação em cursos, oficinas, seminários e outros na área de defesa de Direitos Humanos.

No dia 27 de julho de 2018 serão divulgadas as candidaturas homologadas, bem como a pontuação

obtida de acordo com os parâmetros estabelecidos no anexo II do presente edital, e horário e local da prova escrita, através de publicação no DOE/PB, no site do MPF (www.mpf.mp.br/pb), e no quadro de avisos do MPF.

Os pedidos de impugnação de candidato deverão ser realizados por meio eletrônico através do e-mail [email protected], no período de 30 de julho a 01 de agosto de 2018, e fundamentados em fatos que possam comprometer a atuação do candidato em questão, bem como na ausência de quaisquer requisitos.

Provas

A prova escrita consistirá numa dissertação sobre temário alusivo aos direitos humanos e enfrentamento à tortura e está prevista para ser realizada no dia 13 de agosto de 2018, podendo ser alterada para data futura caso não haja disponibilidade de local apropriado.

O Comitê Estadual de Prevenção e Combate à Tortura da Paraíba, após a fase de entrevistas, realizará votação e definirá lista com os três melhores classificados para nomeação.