Paraíba, segunda-feira, 18 de junho de 2018
19° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Concurso de quadrilhas juninas de João Pessoa tem início nesta quarta (13)

O festival vai até a próxima sexta-feria (14), no Ponto do Cem Réis, Centro da capital.

Por Vitor Feitosa

16h37 - Atualizado 13/06/2018 às 17h12
Apresentação da Quadrilha Lageiro Seco, em 2014
Apresentação da Quadrilha Lageiro Seco, em 2014 Foto: Divulgação/PMJP

Desta quarta-feira (13) até a próxima sexta (15) o Ponto de Cem Réis, no Centro de João Pessoa, vai ficar mais colorido e animado. É que tem início hoje, às 19h, o XXII Concurso de Quadrilhas Juninas de João Pessoa, justamente em um dos lugares mais históricos da capital.

Serão 26 quadrilhas oriundas de 18 bairros da cidade a se apresentar nesses três dias, na semana que antecede o dia de São João. O concurso é dividido em dois grupos: o grupo A especial, com dez quadrilhas, e o grupo B, com 16.

Ao final do evento, quando os cinco jurados da comissão atribuírem as notas após as apresentações, as três últimas colocadas do grupo A são rebaixadas ao grupo B, enquanto as três melhores do grupo B fazem o caminho inverso.

Por outro lado, as quadrilhas que ficarem nos três primeiros lugares do grupo especial receberão premiação, seguindo a ordem de R$ 8 mil para a primeira, R$ 6 mil para a segunda e R$ 6 mil para a terceira colocação.

Uma das participantes do concurso é a Quadrilha Junina Lageiro Seco, natural do bairro do Róger, em João Pessoa. De acordo com o diretor artístico da quadrilha, que tem cerca de 200 integrantes no total, o tema desse ano vai homenagear a população que mora nas margens do Rio Sanhauá, na capital.

“Esse ano o título é ‘Ribeiras’, uma festa junina em homenagem ao povo do rio. A gente vem tratando das festividades juninas que acontecem nessa ribeira, que é onde a população ribeirinha mora, onde os pescadores, lavadeiras, senhores, senhoras e crianças festejam o ciclo junino. A nossa comunidade aqui do baixo Roger decidiu abraçar esse Rio Sanhauá, esse braço que acaba encontrando com o mar mais à frente. Tem muito maracatu, coco de roda e muita dança”, explica Rony Lopes.

Vale ressaltar que a entrada no Ponto de Cem Réis para assistir ao concurso é gratuita, e a estrutura tem espaço para cerca de 3 mil pessoas.

Horários de apresentações:

Quarta-feira (13)

  • 19h às 19h25 - Quadrilha Junina Zé Monteiro

  • 19h40 às 20h05 - Quadrilha Junina Sanfona Branca

  • 20h20 às 20h45 - Quadrilha Junina Flor de Lírio

  • 21h às 21h25 - Quadrilha Junina Fogueirinha

  • 21h40 às 22h05 - Quadrilha Junina Explode Coração

  • 22h20 às 22h45 - Quadrilha Junina Fazenda Lampião

  • 23h às 23h25 - Quadrilha Junina Lageiro Seco

  • 23h40 às 0h05 - Quadrilha Junina Flor do Mandacaru

  • 0h20 às 0h45 - Quadrilha Junina Raiz Nordestina

Quinta-feira (14)

  • 19h às 19h25 - Quadrilha Junina Paraíba

  • 19h40 às 20h - Quadrilha Junina Xote e Baião

  • 20h15 às 20h35 - Quadrilha Junina Chamego Arretado

  • 20h50 às 21h10 - Quadrilha Junina Pó de Serra

  • 21h25 às 21h45 - Quadrilha Junina Fulô do Cerrado

  • 22h00 às 22h20 - Quadrilha Junina Cangaceiros do Sertão

  • 22h35 às 22h55 - Quadrilha Junina Xiado do Xinelo

  • 23h10 às 23h30 - Quadrilha Junina Maria Cangaceira

  • 23h45 às 0h05 - Quadrilha Junina Aconchego

Sexta-feira (15)

  • 19h às 19h20 - Quadrilha Junina Linda Flor do Sertão

  • 19h35 às 19h55 - Quadrilha Junina Mangue Seco

  • 20h10 às 20h30 - Quadrilha Junina Sacode Poeira

  • 20h45 às 21h05 - Quadrilha Junina Nação Matuta

  • 21h55 às 22h15 - Quadrilha Junina Só Risos

  • 22h30 às 22h50 - Quadrilha Junina Botijinha

  • 23h05 às 23h25 - Quadrilha Junina Tiko Show

  • 23h40 às 0h - Quadrilha Junina Sucupira