Paraíba, sexta-feira, 22 de junho de 2018
18° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Aumenta o número de pessoas feridas por agulhas no São João de Campina Grande

As vítimas estavam aproveitando os festejos quando foram atacadas por desconhecidos.

Por Cristiano Sacramento

12h34 - Atualizado 11/06/2018 às 22h34
Pirâmide do Parque do Povo, em Campina Grande
Pirâmide do Parque do Povo, em Campina Grande Foto: Reprodução / Codecom

Nos três primeiros dias de festa do Maior São João do Mundo, em Campina Grande, a assessoria do Hospital de Trauma da cidade computou que pelo menos oito pessoas deram entrada na unidade com ferimentos provocados por agulhas. Até o início da tarde desta segunda-feira (11), cinco vítimas haviam sido confirmadas, e esse número aumentou para sete no decorrer do dia.

TJPB nega revogação de prisão para investigados na Operação Xeque Mate

Ainda segundo a instituição, as vítimas foram socorridas depois que sentiram ‘picadas’ em meio a multidão que acompanha os shows e apresentações culturais. Elas foram atendidas, medicadas e liberadas.

Exames estão sendo realizados para identificar se há alguma possibilidade de contaminação. O Trauma registrou o protocolo e forneceu medicação direcionada ao tratamento de infecção, inclusive, aos vírus HIV e da hepatite B.

De acordo com Priscila Sá, médica infectologista da unidade, as vítimas serão acompanhadas pelo serviço responsável por infecções na cidade. “Fornecemos medicação suficiente para 48 horas, após isso elas seguem acompanhadas pela secretaria de saúde”, confirmou.

Nenhum dos casos foi registrado nas delegacias da cidade.

Leia mais: Eva Gouveia desiste de disputar a Câmara Federal

Dólar abre em alta cotado a R$ 3,72