Paraíba, terça-feira, 16 de outubro de 2018
26° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Paraíba recebe cerca de 18 mil botijões e preços não devem ter reajuste, diz sindicato

Presidente do Sinregás garantiu que uma reunião definiu que não haverá elevação nos preços do produto

Por Redação Portal T5

08h50 - Atualizado 31/05/2018 às 08h55

Após a greve dos caminhoneiros os pontos de venda de gás de cozinha seguem em reabastecimento e a expectativa é que cerca de 18 mil botijões sejam distribuídos para as revendas até o fim desta quinta (31).

Segundo o Sindicato de Revendedores de Gás da Paraíba (Sinregás-PB), o produto começou a chegar na noite da quarta (30) vindo do Porto de Suape. O envazamento foi feito em Cabedelo e a distribuição segue acontecendo, mas a normalização dos estoques deve demorar mais.

Ainda de acordo com o sindicato, o preenchimento dos estoques ainda deve demorar cerca de uma semana, mas o preço deve começar o mesmo.

“Já conversamos com revendedores, fizemos uma reunião. Todos estão cientes que assinamos um termo para não aumentar os valores do gás e isso tem fiscalização”, disse Marco Antônio, presidente do Sinregás-PB.