Paraíba, quinta-feira, 20 de setembro de 2018
31° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Ministério Público interdita sala de raio x em hospital de João Pessoa

A ação é um desdobramento de uma operação feita pela Polícia Federal.

Por Redação Portal T5

11h09 - Atualizado 17/04/2018 às 11h15
Foto: Divulgação/MPPB

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), órgãos de vigilância sanitária e Polícia Civil estão fiscalizando, na manhã desta terça-feira (17), clínicas e unidades hospitalares de João Pessoa, para verificar a existência e condições de equipamentos médicos, como aparelhos de raio x, utrassonografia, arco ciurúrgico, entre outros.

Além do MPPB, participam da fiscalização o Centro de Apoio Operacional (CAO) do Consumidor e a Promotoria do Consumidor (órgãos do MPPB), a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) e a Gerência Municipal de Vigilância Sanitária.

De acordo com o promotor Glauberto Bezerra, do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor do Ministério Público do Estado da Paraíba (MP-Procon), a ação é um desdobramento de uma operação feita pela Polícia Federal. Em um dos hospitais visitados pela equipe, foram encontradas irregularidades.

“Estamos fazendo a conclusão de uma investigação feita pela Polícia Federal e Anvisa sobre a introdução de equipamentos no país sem autorização da Anvisa, de maneira fraudulenta. Esses equipamentos podem causar, primeiro, erro de diagnóstico e, segundo, danos ao paciente. Por isso, através da inteligência da Polícia Federal, nós detectamos um arco cirúrgico, que já está interditado e a sala de raio x foi interditada por absoluta impossibilidade de utilização”, esclareceu ao Portal T5.