Paraíba, sexta-feira, 14 de dezembro de 2018
20° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Cantor paraibano sofre ataque virtual após xingar fotógrafos em festa; assista

A festa aconteceu no ano passado, mas só agora as imagens repercutiram

Por Carlos Rocha

23h00 - Atualizado 14/03/2018 às 16h42

O cantor paraibano Vinicius Mendes está recebendo uma série de comentários, em suas postagens no Instagram. Os comentários ironizam a atitude do artista ao se dirigir a fotógrafos de uma festa de casamento que aconteceu em João Pessoa. A festa ocorreu no ano passado, mas somente agora um vídeo onde Vinicius aparece reclamando dos trabalhadores repercutiu.

O artista estava interpretando o hit "Despacito" e, durante a música, os profissionais pediram para que os noivos subissem no palco. A atitude não agradou o cantor, que compartilhou sua insatisfação com integrantes de sua banda, e foi nesse momento que ele ofendeu os fotógrafos. O que o artista não contava é que o áudio fosse capturado.

O trecho do vídeo no qual o cantor xinga os profissionais acabou vazando e internautas começaram a reproduzir a fala do artista nos comentários.

O cantor compartilhou, em um grupo de Whatsapp, um áudio no qual ele dá a sua versão do que aconteceu.

"Quem fez a edição desse vídeo não colocou o antes, por que meu show eu faço por partes. No início de um Show eu vou esquentando a galera, eu que tenho uma certa dificuldade de me aproximar do público, pela minha timidez, eu vou fazendo isso aos poucos. Assim que eu cheguei na segunda música, a música fala de beijar na boca, de outra pessoa, enfim, e antes, a equipe de fotografia estava lá do meu lado, na lateral, me pedindo para colocar os noivos no palco. Eu tinha falado antes: "Segura só um mais um pouco", porque eu ia parar, ia tocar uma música de amor e agradecer, como sempre faço, ao ouvir insistência deles eu me chateei, com isso, e no calor do momento, eu falei. Claro que eu não acho isso da equipe, um trabalho do caramba que os fotógrafos tem, mas foi do calor do momento. Não estou tentando me justificar, nada vai retirar o que eu disse", relatou.