Paraíba, sábado, 24 de agosto de 2019
30° C
Busca

Paraíba

Paraíba

Ministério Público vai acompanhar investigações de mortes do MST na Paraíba

As vítimas foram executados enquanto jantavam em uma das casas do acampamento Dom José Maria Pires, em Alhandra.

Por Luanja Dantas

16h31

O Ministério Público da Paraíba para investigar as mortes dos dois integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais (MST) em um acampamento em Alhandra.

O crime aconteceu na madrugada do último sábado, (08), e o MPPB abriu um procedimento administrativo que tem como objetivo acompanhar as autoridades policiais no trabalho de investigação do duplo homicídio.

José Bernardo da Silva, conhecido como Orlando, de 46 anos, e Rodrigo Celestino, de 38 anos, foram executados enquanto jantavam em uma das casas do acampamento Dom José Maria Pires, em Alhandra.

Em entrevista concedida a imprensa no último domingo, (09), a delegada seccional da região de Alhandra, Roberta Neiva, explicou que os suspeitos que executaram a tiros os dois integrantes do MST conheciam a área e o funcionamento do local.

Orlando foi velado e enterrado na cidade de Mari. Já a família de Rodrigo Celestino não divulgou informações sobre o velório da vítima.

Leia Mais:

+ Cinco pessoas morrem em atentado na Catedral Metropolitana de Campinas

+ Delegado fica ferido em acidente envolvendo três veículos em João Pessoa