quarta-feira, 25 de novembro de 2020
Busca

Portal T5

Geral

Auxílio emergencial: saiba como contestar a negativa

Por Redação Portal T5

09h10
Foto: Portal T5

Os trabalhadores que possuem direito ao auxílio emergencial e tiveram o pedido negado podem contestar caso tenham feito o pedido do benefício até o dia 2 de julho. 

Saiba como solicitar a revisão

- Aperte em 'acompanhe sua solicitação' ao entrar na página do auxílio. Na sequência, coloque os dados registrados quando fez a primeira solicitação.

- A página seguinte mostra por qual o motivo a aprovação não foi realizada. A partir disso, será necessária a contestação.

Apenas alguns pontos podem ser reanalisados. O solicitante não conseguirá contestar se o pedido foi rejeitado por qualquer outro item que não seja: ter algum vínculo empregatício, óbito de membro da família, recebe algum benefício (Seguro-Desemprego, Seguro Defeso ou INSS), tem renda familiar mensal superior a 3 salários mínimos ou meio salário mínimo por pessoa.

- A Caixa Econômica Federal irá disparar um aviso quando o pedido de contestação for realizado. Esse pedido de reanálise pode ser feito apenas uma vez.

Em seguida, a Caixa indicará o motivo do pedido ter sido negativo e aponta que “você afirma, perante a lei que essa informação não corresponde a sua situação atual”.

Aperte em continuar e leia os termos da Caixa, que aponta que é de sua responsabilidade qualquer alteração que seja feita no cadastro e se o pedido de reanálise procede.

Por fim, o pedido será reavaliado e o Dataprev terá mais dias para verificar se o cadastro está entre as regras.

Leia também:

UFPB anuncia retomada de atividades

Áreas de seca aumentam na Paraíba

"Vacina não é de direita ou de esquerda", diz governador da PB sobre decisão de Bolsonaro

Diplomas e certificados devem ser emitidos on-line para alunos de escolas públicas da PB