Paraíba, segunda-feira, 19 de agosto de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Geral

EUA pedem libertação de jornalista desaparecido na Síria em 2012

Sete anos depois de Tice ter sido preso, os oficiais americanos trabalham para que ele volte para casa.

Por Redação Portal T5

08h04 - Atualizado 15/08/2019 às 09h07
Foto: Reprodução/Facebook

Os Estados Unidos pediram, nessa quarta-feira (14), a libertação do jornalista Austin Tice, que desapareceu em Damasco, capital da Síria, em agosto de 2012. O governo americano acredita que ele esteja vivo e esta sendo mantido refém.

+ Asteroide pode atingir a Terra a qualquer momento, revela cientista

O fotojornalista americano apareceu pela última vez em um vídeo divulgado em setembro daquele ano, com olhos vendados e nas mãos de um grupo terrorista não identificado. Desde a publicação do vídeo, nunca mais se soube do ex-marine, que hoje tem 31 anos.

Sete anos depois de Tice ter sido preso, os oficiais americanos trabalham para que ele volte para casa. O governo dos EUA oferece recompensa de US$ 1 milhão por informações que levem à sua libertação.

Tice era um fotojornalista freelancer que trabalhava para a Agence France-Presse (AFP)The Washington PostCBS e outros veículos.

Veja mais:

Empresário estrangeiro é preso em Natal suspeito de duplo homicídio no Conde

Homem suspeito de queimar mulher com cigarro é solto após audiência de custódia em JP

*Com informações do repórter Victor Moraes