Paraíba, domingo, 15 de setembro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Geral

Através de bilhete, mulher ajuda outra sofrendo assédio em ônibus no RJ

A vítima relatou que sentiu medo durante a situação

Por Redação Portal T5

19h01 - Atualizado 19/06/2019 às 19h05
Foto: Reprodução/Facebook

Uma mulher utilizou uma bilhete para ajudar outra passageira em uma situação de assédio sexual em um ônibus no Rio de Janeiro. O fato aconteceu na última quinta-feira (13).

Na mensagem, a mulher escreveu: "Moça, mexe na sua orelha direita se esse cara ao seu lado estiver te incomodando. Meu nome é Camila e você pode fingir que me conhece", dizia o bilhete.

Através das redes sociais, a vítima contou que o homem que estava sentado ao seu lado não parava de olhar em sua direção. De acordo com ela, ele "nem disfarçava" e aquilo a incomodou.

Morre, aos 74 anos, o crítico de cinema Rubens Ewald Filho

"A vontade de levantar e sair de perto era grande. Mas o medo do próprio tentar fazer alguma coisa pra impedir era maior ainda", desabafou.

"Foi quando uma passageira, sentada atrás de mim, aparentando ter mais ou menos a minha idade, me cutucou e me deu esse bilhete! Resumindo: Fingimos que nos conhecíamos de algum lugar, e logo em seguida fui para o banco de trás e sentei ao lado dela, começamos a conversar e trocamos WhatsApp", declarou.

+'É a maior prova que Deus me ama', diz Xuxa ao homenagear Sasha em rede social

Ela disse também que, em seguida, o homem "ficou meio sem entender nada" e desceu do ônibus.

Durante o papo com a autora do bilhete, ela contou que a frase que justificava a atitude era: "O mundo já está tão ruim, e nós mulheres temos que estar mais unidas".