Paraíba, sábado, 23 de março de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Geral

Uma a cada vinte mulheres tem gene que "burlam" a eficácia do anticoncepcional

Descoberta indica que algumas podem engravidar mesmo utilizando métodos anticonceptivos.

Por Redação Portal T5

17h24 - Atualizado 16/03/2019 às 17h25

Um descoberta põe por terra a ideia que de algumas mulheres que teriam engravidado por conta de descuido na hora de tomar o anticoncepcional. Isso porque um novo estudo realizado Escola de Medicina da Universidade do Colorado, nos Estados Unidos, comprovou que algumas mulheres podem engravidar mesmo utilizando métodos anticoncepcionais.

O motivo seria que o porque o próprio DNA delas “sabota” o controle de natalidade. Na pesquisa foi revelado que uma em cada 20 mulheres carrega um gene que atrapalha a eficiência de contraceptivos hormonais.

Foram estudados o DNA de 350 mulheres enquanto elas usavam um implante contraceptivo, colocado sob a pele do braço, que libera o hormônio progestagênio, na tentativa de evitar que elas ovulassem. Então, foram examinadas as seções do DNA conhecidas por atuarem na regulação hormonal das participantes.

Cerca de 5% das participantes tinham uma forma diferenciada do gene CYP3A7*1C, que é o responsável por quebrar os hormônios que impedem a gravidez. Normalmente, ele é ativado só quando a pessoa ainda está no útero, e a sua desativação ocorre pouco antes do nascimento. Porém, as mulheres com a forma ativa do gene continuam a produzir uma enzima CYP3A7 para o resto da vida.

É a primeira vez que o dado é confirmado pela ciência, pois mostrar que a variante genética é associada ao controle da natalidade é algo muito relevante. Milhões de mulheres estão usando alguma forma de contracepção hormonal e cada 20 pode possuir esse traço genético, o que aumenta o risco de engravidar.