Paraíba, domingo, 22 de setembro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Geral

Julgamento de empresário suspeito de lavar dinheiro em amistosos da seleção começa nesta segunda (25)

O suposto esquema de corrupção beneficiava o ex-presidente da CBF, Ricardo Teixeira.

Por Redação Portal T5

17h00 - Atualizado 24/02/2019 às 17h46
Sandro Rosell está preso há dois anos
Sandro Rosell está preso há dois anos Foto: Reprodução / Internet

Tem início nesta segunda-feira (25) o julgamento de Sandro Rosell, empresário de marketing espanhol, suspeito de ter favorecido Ricardo Teixeira, ex-presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), durante amistosos realizados pela seleção brasileira.

Rosell é acusado na Espanha por ter lavado dinheiro para o cartola brasileiro. O suposto esquema de corrupção no futebol ganhou repercussão da imprensa mundial. Os amistosos teriam acontecido entre os anos de 2007 e 2009.

De acordo com Jamil Chade, jornalista da UOL, os episódios de lavagem de dinheiro aconteciam durante os seguintes amistosos:

6 DE FEVEREIRO DE 2007 – PORTUGAL X BRASIL

24 DE MARÇO DE 2007 – BRASIL X CHILE

27 DE MARÇO DE 2007 – BRASIL X GANA

1º DE JUNHO DE 2007 – INGLATERRA X BRASIL

5 DE JUNHO DE 2007 – TURQUIA X BRASIL

5 DE AGOSTO DE 2007 – BRASIL X ARGÉLIA

13 DE SETEMBRO DE 2007 – BRASIL X MÉXICO

6 DE FEVEREIRO DE 2008 – IRLANDA X BRASIL

26 DE MARÇO DE 2008 – SUÉCIA X BRASIL

1 DE JUNHO DE 2008 – CANADÁ X BRASIL

7 DE JUNHO DE 2008 – BRASIL X VENEZUELA

27 DE JULHO DE 2008 – SINGAPURA X BRASIL

1º DE AGOSTO DE 2008 – BRASIL X VIETNÃ

10 DE FEVEREIRO DE 2009 – BRASIL X ITÁLIA

12 DE AGOSTO DE 2009 – ESTÔNIA X BRASIL

14 DE NOVEMBRO DE 2009 – INGLATERRA X BRASIL

17 DE NOVEMBRO DE 2009 – OMàX BRASIL

Leia mais: Goleiro do Chelsea se recusa substituição, revolta treinador e clube perde título

“Messi, assuma o controle”, diz ‘Deus’ após atuação do jogador no Campeonato Espanhol

+ Presidente da FPF assume cargo na Comissão Especial de Direito Desportivo da OAB

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado!

Para sugerir pautas, entre em contato com a redação pelo número (83) 9.8684-1874 e 3015-3741.