Paraíba, quinta-feira, 21 de março de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Geral

10 dicas para tornar a comida saudável atraente para as crianças

Misture alimentos atrativos aos menos aceitáveis

Por Carlos Rocha

00h00 - Atualizado 11/01/2019 às 23h01

Para muitos pais e responsáveis, o momento da alimentação dos filhos é um sufoco e até um sofrimento. É comum que recusem legumes e verduras – os alimentos mais saudáveis. Mas como tornar esse momento em algo prazeroso e gostoso?

A nutricionista do colégio Mopi, Cíntia Ferreira elaborou 10 dicas de ouro para tornar a comida dos pequenos mais saudável, bonita e colorida. As recomendações são bacanas também para aqueles pais que não sabem mais o que fazer para que seus filhos tenham uma rotina alimentar saudável, sem necessidade de esforço e desgaste com os pequenos.

Confira 10 dicas para tornar a comida saudável atraente e a manipulação na cozinha segura para as crianças:

1. Leve a criança ao mercado para conhecer os produtos (forma, cor, textura, cheiro) antes da preparação. Na preparação de sopas em aulas do Mopi, há essa experiência de conhecimento dos alimentos e, ao final, por exemplo, as crianças experimentam, tomam a sopa.

2. Faça desenhos no prato com alimentos. Por exemplo, um coqueiro feito de tronco de banana, folhas de kiwi, cortadas em formato de meia lua, e gomos da tangerina para simbolizar a areia. Pode ser feito também um rosto, com cabelo de macarrão, olhos de ovo, nariz de cenoura e boca de vagem.

3. Insira o Suco verde no cardápio – receita: couve, com suco de laranja ou maracujá, fruta mais preferida pela criançada. Ele se destaca pela quantidade de fibra da couve, um vegetal verde escuro (alimentos ricos em fibra e ferro) geralmente recusado por crianças. Propriedades de couve: rica em minerais como ferro, cálcio, fósforo e de vitaminas como A, C e do complexo B.

4. Introduza alimentos geralmente rejeitados por meio de receitas atrativas. É ideal para criança que rejeita legumes e passa a aceitá-los em forma de doce. Faça um Beijinho de mandioca. Receita: amasse o aipim e passe no coco ralado. Propriedades da mandioca: trata-se de um alimento com alto valor energético.

5. Crie alimentos saudáveis que, quando prontos, tenham formas atrativas e diferentes das originais. Por exemplo, docinho de beterraba “da Barbie”. O vegetal não tem boa aceitação pelas crianças, em geral. O interessante é que ele fica rosa. Bata a beterraba, esprema, fique só o sumo dela. Adicione açúcar mascavo e quinoa em flocos. Propriedades da beterraba: alimento rico em vitamina A que auxilia no bom funcionamento da visão, e vitamina C. Propriedades do açúcar mascavo: por não passar pelo processo de refinamento, o açúcar mascavo mantém todas as vitaminas e minerais contidos na cana de açúcar. Sua caloria é bem menor que o do açúcar de mesa (açúcar branco)

6. Estimule a imaginação, mergulhando no universo infantil dos desenhos e personagens ao dar nomes aos pratos. Arroz integral do Hulk (com brócolis). Pode dar o nome de qualquer personagem que a criança goste. Por exemplo, do huck para que ela fantasie. Propriedades do arroz integral: possui maior quantidade de fibras alimentares e minerais como selênio e manganês, que são perdidos durante o processo de polimento.

7. Faça receitas que possam ser preparadas em casa. Barra de cereal de banana – banana amassada, aveia em flocos, granola e suco de laranja. Propriedades da barra de cereal caseira: não possui adição de conservantes, a banana é uma fruta bem aceita pela maioria das crianças em qualquer idade e suco de laranja é rico em vitamina C .

8. Crie receitas de frutas saudáveis e gostosas. Bolo integral de baunilha com frutas (qualquer fruta cortada em cubos). A receita voltada para crianças que não aceitam frutas com facilidade. Como bolo é uma preparação bem aceita entre os pequenos, ela une o útil ao agradável.

9. Faça receitas saudáveis que possam ser consumidas depois e fora de casa ou do ambiente escolar. Bala de gelatina (estilo bala fini): dissolva a gelatina incolor na água quente e ponha suco de fruta cítrico para dar mais sabor. Leve à geladeira de um dia para o outro para dar consistência. E a criança ainda pode brincar com a receita, colocando a bala em forminhas. O doce pode ser levado à escola, que não será desfeito, pois não volta ao estado líquido. As vantagens são a gelatina incolor, que não possui corante, substância que pode fomentar alergias nos pequenos, e também a quantidade de açúcar é extremante menor que as balas convencionais.

10. Misture alimentos atrativos aos menos aceitáveis. Beterraba com milho, que pode ser consumido como guarnição ou salada.