sábado, 07 de dezembro de 2019
Busca

Portal T5

Geral

Número de mortos após terremotos e tsunami na Indonésia já passa de 830

Os desastres naturais acometeram a ilha de Celebes na sexta (28) e ainda vêm causando estragos. O número de vítimas fatais ainda pode subir.

Por Redação Portal T5

08h25 - Atualizado 30/09/2018 às 08h32
Escombros de shopping destruído na cidade de Palu
Escombros de shopping destruído na cidade de Palu Foto: Tatan Syuflana/AP

Os terremotos que atingiram a ilha de Celebes, na Indonésia, vêm causando uma enorme devastação, sobretudo após os tsunamis que acometeram o local na sexta-feira (28). Segundo as autoridades, o número oficial de mortos registrado até a madrugada deste domingo (30) é de 832, praticamente dobrando desde o último boletim, quando foram informadas 420 vítimas fatais.

Esse dado, porém, pode subir ainda mais, uma vez que uma quantidade enorme de pessoas está desaparecida e são registrados mais de 500 feridos, com boa parte em estado grave.

O presidente da Indonésia, Joko Widodo, viajou neste domingo para a região afetada pelo desastre natural. “Quero ver eu mesmo e assegurar-me de que a resposta ao impacto do terremoto e do tsunami em Celebes Central chega a todos nossos irmãos. Peço a todo o país que reze por eles”, escreveu ele no Twitter.

Ao todo, 350 mil pessoas foram afetadas diretamente pelos terremotos e pelo tsunami. Até o momento, quase 17 mil pessoas estão desabrigadas, sendo a maior parte delas em Palu, capital da província de Celebes ("Sulawesi", em indonésio).

O Ministério da Saúde da Indonésia vem organizando a chegada de material e de médicos às cidades afetadas, para tentar socorrer os feridos. Segundo o porta-voz da Agência Nacional de Gestão de Desastres, Sutopo Purwo Nugroho, haverá um enterro em massa das vítimas fatais em Palu, por medidas de segurança sanitária.

De acordo com um comunicado do Itamaraty, até o momento não foram identificados brasileiros vítimas do terremoto e da tsunami na Indonésia.

Leia também:

Bolsonaro desembarca no Rio e vai direto para casa

Cantora Angela Maria morre aos 89 anos em São Paulo