Paraíba, terça-feira, 21 de agosto de 2018
27° C
Busca

Portal T5

Geral

Heineken ameaça fechar fábricas no Nordeste

Empresa deixaria de perder R$ 10 milhões a cada mês com a decisão

Por Carlos Rocha

04h00 - Atualizado 11/08/2018 às 14h07
Reuters / Eric Gaillard

A Heineken dobrou de tamanho após comprar a Brasil Kirin, dona da Schin, no ano passado. Tudo bem que as 12 fábricas da companhia elevaram a capacidade de produção de 20 milhões de hectolitros para 50 milhões, mas os holandeses também herdaram ações judiciais complexas e agora avaliam o fechamento de fábricas no Nordeste.

"Estamos estudando fechar as duas fábricas de Pernambuco. Já comunicamos isso ao governo. A operação no Estado, no último ano, acumula prejuízo de R$ 90 milhões", afirmou Nelcina Tropardi, vice-presidente de assuntos corporativos da Heineken.

A Heineken diz que fechar as fábricas seria uma medida extrema, no entanto, é assim que a empresa deixaria de perder R$ 10 milhões a cada mês. De acordo com o 'Valor Econômico', o governo não se manifestou sobre o caso.