Paraíba, domingo, 23 de setembro de 2018
19° C
Busca

Portal T5

Geral

Golpe oferece passagens grátis da Gol no Facebook e WhatsApp: saiba mais

A armadilha acontece quando você entra no link indicado e insere os seus dados

Por Carlos Rocha

22h15 - Atualizado 09/07/2018 às 22h30
Reprodução

Pesquisadores da ESET encontraram uma fraude circulando pelo Facebook e WhatsApp. No caso, o golpe compartilhado entre usuários promete passagens aéreas grátis oferecidas pela companhia Gol.

O número de golpes de phishing, método de ataque que tem o objetivo de enganar usuários de computador ou smartphone para obter informações,  crescem no segundo semestre. Com eventos como férias escolares, Black Friday, Natal e Ano Novo, os criminosos desenvolvem vários tipos de fraudes para ludibriar vítimas.

Como uma "pescaria", o cibercriminoso envia um texto indicando que você ganhou algum prêmio ou dinheiro (ou está devendo algum valor) e, normalmente, um link acompanhante para você resolver a situação.

O phishing também pode ser caracterizado como sites falsos que pedem dados de visitantes.

A armadilha acontece quando você entra nesse link e insere os seus dados. Normalmente, há um site falso do banco, ecommerce ou companhia para ludibriar a vítima e conseguir informações, como nome completo, telefone, CPF e números de contas bancárias.

A fraude acontece da seguinte maneira, no caso das passagens da Gol, segundo a ESET

"Se a mensagem for acessada pelo celular, o usuário é levado a participar de um questionário com 4 perguntas e, em seguida, compartilhar a publicação falsa com 30 contatos de WhatsApp. No entanto, a vítima estará apenas compartilhando o golpe sem saber e fazendo com que outras pessoas também sejam vítimas. Ao acessar a publicação pelo computador, o usuário pode facilmente reconhecer a URL falsa. Além disso, o usuário é redirecionado para uma página que promete alterar a cor do serviço de WhatsApp Web, o que não tem qualquer relação com a suposta promoção".

Isso significa que a utilização do celular é importante para a viralização da mensagem. Ao compartilhar inocentemente o golpe, a vítima acaba espalhando a fraude. Já no computador, a vítima é induzida a baixar complementos maliciosos que permitem o surgimento de publicidades falsas, gerando cliques e algum tipo de lucro econômico para os cibercriminosos.

Para não cair neste tipo de golpe não compartilhe mensagens de promoções sem checar nos canais oficiais a veracidade. Ou seja: procure sempre canais no Facebook com o check azul ao lado do nome da empresa e ainda, se necessário, entre em contato via telefone com a empresa antes de escrever seus dados na internet.

Desconfie de publicações que oferecem promoções extremamente tentadoras ou produtos grátis. No celular, não instale aplicativos fora da Google Play ou Apple App Store; e mantenha um bom antivírus instalado.

A Gol Linhas Aéreas comentou o seguinte sobre o caso: "Atenção clientes GOL: o portal VOEDEGOL vem tentando de forma fraudulenta conseguir dados de nossos clientes prometendo passagens gratuitas. Esclarecemos que o portal não é da GOL Linhas Aéreas e estamos fazendo o possível para retirá-lo ao ar".