Paraíba, domingo, 09 de dezembro de 2018
27° C
Busca

Portal T5

Geral

Relógio inteligente pode ter gravado assassinato de jornalista

Jamal teria desaparecido depois que entrou no consulado da Arábia Saudita.

Por Redação Portal T5

18h45 - Atualizado 13/10/2018 às 18h52
O relógio utilizado pelo jornalista na hora da morte era um Apple Watch
O relógio utilizado pelo jornalista na hora da morte era um Apple Watch Foto: Reprodução / Internet

De acordo com o jornal turco Sabah, um dispositivo Apple Watch usado pelo jornalista saudita Jamal Khashoggi, pode ter gravado o momento em que o comunicador foi assassinado. Jamal teria desaparecido depois que entrou no consulado da Arábia Saudita em Istambul, no último dia 2.

+ Colisão entre carro e caminhão deixa condutor ferido, na Paraíba

"Khashoggi sincronizou o relógio com o telefone, que deixou (em mãos de) sua namorada antes de entrar (no consulado). As conversas durante seu assassinato foram gravadas pelo relógio e enviadas ao telefone e à nuvem", disse o jornal citando "fontes confiáveis".

Ainda de acordo com o noticiário, os agentes de inteligência teriam percido o relógio e tentaram apagar as gravações da nuvem. Entretanto, nem todos os dados foram removidos.

O governo da Árabe nega as informações que circulam na imprensa local que pautam o suposto assassinato do jornalista e o do ministro do Interior saudita. Através de uma nova, a autarquia informou que tudo não passa de "acusações sem fundamento".

Leia mais: Paraibano é preso com cerca de 200 kg de maconha, no Ceará 

Pelo menos 15 pessoas morrem queimadas após explosão em oleoduto

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado!

Para sugerir pautas, entre em contato com a redação pelo número (83) 9.8684-1874 e 3015-3741.