Paraíba, segunda-feira, 15 de outubro de 2018
21° C
Busca

Portal T5

Geral

Trabalhar em excesso é como estar bêbado, aponta estudo

​As estatísticas mais recentes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam que mais de 400 milhões de pessoas trabalham 49 ou mais horas por semana.

Por Redação Portal T5

10h51

As estatísticas mais recentes da Organização Internacional do Trabalho (OIT) apontam que mais de 400 milhões de pessoas trabalham 49 ou mais horas por semana.

E elas podem estar correndo um risco: um estudo analisou 13 anos de registros de trabalho nos Estados Unidos e descobriu que "trabalhar em empregos com horas extras estava associado a uma taxa de risco de lesões 61% maior em comparação com trabalhos sem hora extra”.

O estudo aponta que quem acordou às 8h e ficou acordado até 1h da manhã do dia seguinte (ou seja, 17 horas seguidas), terá desempenho físico pior do que se tivesse uma concentração de 0,05% de álcool no organismo, equivalente a duas latas de cerveja. É o chamado "bêbado" de cansaço.

Com informações da Época