TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
Nas prateleiras

Anvisa determina recolhimento de medicamentos contra vermes, alergias e desinfecção da pele

As publicações determinam o recolhimento dos estoques disponíveis no mercado.

Por Redação T5 Publicado em
MEDICAMENTOS
Marca Glenmark Marca Glenmark Foto: Reprodução/Glenmark

Os consumidores paraibanos devem ficar atentos às últimas determinações da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) sobre o recolhimento de alguns medicamentos das prateleiras de farmácias e drogarias. De acordo com informações de O Globo, o antialérgico Levoukast, produzido pelo laboratório Glenmak Farmacêutica está suspenso porque há informações divergentes nas embalagens do medicamento.

O Levoukast é utilizado para combater alergias como a rinite alérgica, por exemplo. Entre as funções, este medicamento funciona como um bloqueador da ação dos leucotrienos, que são substâncias produzidas por células do sangue. Um total de 11 lotes devem ser recolhidos.

Mebendazol Medicamento Riohex Foto: Reprodução/Rioquímica

Durante a semana passada, a Anvisa suspendeu o Riohex, que serve para realizar a desinfecção da pele ou em áreas do corpo que vão passar por procedimento cirúrgico ou estético.

Segundo a assessoria, o medicamento foi suspenso por problemas na produção. Em um trecho, a proibição afirma que “uma inspeção investigativa realizada na empresa Rioquímica S.A, que apontou diversos problemas relacionados ao cumprimento das Boas Práticas de Fabricação de Medicamentos”. Confira a tabela de lotes dos medicamentos suspensos clicando aqui.

O texto determina o recolhimento de todo estoque disponível no mercado.



Relacionadas