TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
grupo de risco

STF julga restrição de sangue doado por homossexuais

Uma portaria do Ministério da Saúde proíbe a doação de sangue oriundo de homens gays.

Por Redação Publicado em
BOLSAS DE SANGUE

Está agendado para esta quinta-feira (19) o julgamento do Supremo Tribunal Federal (STF) sobre uma portaria do Ministério da Saúde que proíbe a doação de sangue oriundos de homens gays. Antes, homens que tivessem relação com outros homens não estavam autorizados a fazer transfusões de sangue. Um dos motivos alegados consistia na afirmação de que esse grupo tem maior risco de transmitir o vírus HIV.

O assunto repercutiu em diversas instâncias sociais até o Partido Socialista Brasileiro (PSB) encaminhar uma ação ao STF para derrubar a determinação. Segundo o movimento, a possível anulação não afetará negativamente a coleta de sangue. O que mudaria é a discriminação, já que o documento prevê novas possibilidades de doação.

De acordo com o Ministério da Saúde, as condições para a doação estão baseadas na quantidade do sangue coletado para reaproveitamento visando a proteção dos receptores.



Relacionadas