sexta-feira, 18 de setembro de 2020
Busca

Portal T5

Futebol

Ex-presidente do Campinense é absolvido da acusação de corrupção no futebol

O juiz entendeu que não há provas suficientes e irrefutáveis anexadas pelo Ministério Público​ que comprovem o envolvimento na suposta organização criminosa.

Por Redação Portal T5

08h47 - Atualizado 02/07/2020 às 09h01
William Simões
William Simões Foto: Divulgação

William Simões, ex-presidente do Campinense; Francisco Nascimento, ex-árbitro da Fifa; e Danilo Corisco, massagista, foram absolvidos no processo que investiga uma suposta Organização Criminosa que teria manipulado resultados do futebol paraibano em 2018. A ação decorre da Operação Cartola.

Segundo José Cavalcanti Guedes Neto, juiz da 4ª Vara Criminal, não há provas suficientes e irrefutáveis anexadas pelo Ministério Público que comprovem o envolvimento dos réus na suposta organização.

Na sentença, José considerou que "é cediço que a condenação em processo crime exige prova insofismável, estreme de dúvida, o que não se verifica nos autos. Assim, há que se julgar improcedente a pretensão punitiva".

Os outros dois réus também foram absolvidos em primeira instância. A decisão ainda cabe recurso.

Leia também: Paraíba ultrapassa marca de 48 mil infectados e mil mortos pela Covid-19

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.