Paraíba, segunda-feira, 16 de setembro de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Futebol

Operação Cartola: julgamento continua nesta quarta-feira (10) no Fórum Criminal de JP

O objetivo é investigar crimes relacionados à manipulação de resultado de jogos do Campeonato paraibano.

Por Redação Portal T5

19h21 - Atualizado 10/07/2019 às 19h28
Imagem: Reprodução / Internet

A audiência de instrução e julgamento dos envolvidos no processo da 'Operação Cartola' terá continuidade nesta quarta-feira (10), às 14h no Plenário do Fórum Criminal de João Pessoa. 

O objetivo da operação, que foi deflagrada no início do ano passado, é investigar crimes relacionados à manipulação de resultado de jogos do Campeonato paraibano.

Na audiência, que será presidida pelo juiz titular da unidade, José Guedes Cavalcanti Neto, estão previstas a oitiva da última testemunha de acusação (cujo depoimento já foi iniciado) e a inquirição das arroladas pela defesa, que são em torno de 50.

As fraudes teriam sido cometidas por uma organização composta por membros da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Comissão Estadual de Arbitragem da Paraíba (CEAF), Tribunal de Justiça Desportiva da Paraíba (TJD/PB), dirigentes de clube de futebol profissional da Paraíba e árbitros. De acordo com a a Polícia Civil, 80 pessoas foram investigadas no esquema.

+Justiça anula em 2ª instância pena de Roberto Santiago por dano ambiental

A Ação Penal envolve 17 denunciados, suspeitos de integrarem um esquema de manipulação de jogos de futebol. Entre os envolvidos nesse suposto esquema fraudulento estão o ex-presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Amadeu Rodrigues Da Silva Júnior, além de Breno Morais Almeida, Lionaldo dos Santos Silva, Marinaldo Roberto de Barros, José Renato Albuquerque Soares, Severino José de Lemos, Genildo Januário da Silva, Adeilson Carmo Sales de Souza, Antônio Carlos da Rocha, Antônio Umbelino de Santana, Éder Caxias Meneses, Francisco de Assis da Costa Santiago, João Bosco Sátiro da Nóbrega, José Maria de Lucena Netto, Tarcísio José de Souza, Josiel Ferreira da Silva e José Araújo da Penha.