Paraíba, sábado, 20 de abril de 2019
30° C
Busca

Esportes

Futebol

Red Bull vence nos pênaltis e conquista Troféu do Interior 2019

Com o resultado, além da premiação de R$ 360 mil pelo título, a equipe também ganhou uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

Por Redação Portal T5

09h25 - Atualizado 16/04/2019 às 09h26

O Red Bull conquistou na noite desta segunda-feira (15) o seu primeiro título do Troféu do Interior. Em disputa no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas, o time empatou sem gols no tempo normal com a Ponte Preta e venceu por 3 a 1 nas cobranças de pênalti.

Com o resultado, além da premiação de R$ 360 mil pelo título, a equipe também ganhou uma vaga na Copa do Brasil do ano que vem.

"Fizemos a melhor campanha da primeira fase. Esse título veio para coroar nossa participação no Paulistão", vibrou o meia-atacante Osman, que fez o terceiro gol de pênalti da decisão.

Do lado da Ponte, como não poderia deixar de ser, o clima foi de tristeza. Ainda mais porque a equipe atuou desde os 35min do primeiro tempo com um jogador a menos, uma vez que Júlio César foi expulso por ofender o árbitro Flávio Rodrigues de Souza após uma falta marcada para o Red Bull.

Alguns jogadores da Macaca chegaram a desabar com câimbras no segundo tempo, mas o time conseguiu segurar o rival e forçar as penalidades. Nos pênaltis, porém, Thalles chutou por cima do travessão e Diego Renan e Luis Ricardo pararam no goleiro Júlio César. Só Matheus Oliveira acertou a cobrança.
Pelo Red Bull, Ytalo, Léo Ortiz e Osman marcaram. Everton teve seu chute defendido por Ivan.

"Desde o primeiro tempo com um jogador a menos. Com 11 já é difícil! Valeu a garra e a determinação do time. Fomos infelizes nos pênaltis. É corrigir as situações para a Série B", lamentou o volante pontepretano Edson.

Em dificuldades financeiras, a Ponte já havia perdido quase R$ 1 milhão pela eliminação na primeira fase da Copa do Brasil contra a Aparecidense (GO). Ao menos, o time já tem participação garantida na Copa do Brasil de 2020 pelo ranking da CBF.

RED BULL DOMINA
As duas equipes entraram determinadas a ganhar o duelo. O Red Bull começou melhor e teve três oportunidades de gols, com Aderlan, Claudinho e Osman. A Macaca não se acomodou e devolveu na mesma moeda, com o atacante Thalles, que teve três chances de balançar a rede, mas também foram desperdiçadas.
Na volta do intervalo, o Red Bull reteve a posse de bola para concluir em gol, mas foi pouco efetivo nas finalizações -apesar da insistência. A Ponte, por sua vez, se fechou na marcação para segurar o empate. FolhaPress