domingo, 05 de julho de 2020
Busca

Portal T5

Futebol

Jorge Jesus receberá R$ 9 milhões em premiações por títulos no Flamengo

Campeão brasileiro e da Copa Libertadores da América pelo Flamengo, Jorge Jesus garantiu mais que troféus individuais e prestígio em seu primeiro ano de trabalho no Brasil.

Por Redação Portal T5

14h00 - Atualizado 24/12/2019 às 12h00

PEDRO IVO ALMEIDA
RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Campeão brasileiro e da Copa Libertadores da América pelo Flamengo, Jorge Jesus garantiu mais que troféus individuais e prestígio em seu primeiro ano de trabalho no Brasil. Com as conquistas, o treinador português receberá ainda uma polpuda premiação financeira do time carioca: 2 milhões de euros (pouco mais de R$ 9 milhões).

O valor altíssimo foi combinado em contrato tão logo Jesus acertou sua chegada ao Flamengo, no início de junho. A premiação seria ainda maior caso o treinador conquistasse o Mundial de Clubes, o que não ocorreu.

A premiação aos auxiliares mais próximos do treinador também é "gorda": 100 mil euros (pouco mais de R$ 450 mil) pelos dois títulos conquistados no final de 2019.

+ Saiba como fazer um pudim de capuccino para a sobremesa de Natal

+ Prefeito de cidade cearense é morto a tiros durante caminhada

O dinheiro, no entanto, ainda não entrou nas contas bancárias dos beneficiados. Após o impasse sobre os valores a serem pagos ao restante dos integrantes do departamento de futebol, o repasse ficou congelado por alguns dias. Com a situação resolvida, o Flamengo informou que realizará os depósitos até o fim deste ano. No caso da comissão técnica portuguesa, o contrato prevê o pagamento até o último dia útil de 2019.

+ Rainha Elizabeth pede aos britânicos que superem as divisões

+ Então é Natal: Spotify lança playlist assinada por Simone

Internamente, a diretoria do Flamengo entende que o valor repassado ao português pelos títulos não chega a significar um "peso" nas finanças. A alta premiação, aliás, foi uma das armas que o Flamengo usou para convencer o treinador a aceitar o convite de treinar o clube. Os cartolas ainda destacam o protagonismo de Jorge Jesus nas conquistas. Para muitos, sem o técnico, não teria taça na Gávea em 2019.

Os 2 milhões de euros representam mais da metade do salário anual de 3 milhões de euros (pouco mais de R$ 13,5 milhões) acertados com o técnico. A expectativa é que esse valor seja ainda maior em 2020. As partes negociam um aumento e a extensão do vínculo atual -até junho do próximo ano.

+ Bolsonaro tem alta e deixa hospital após internação por acidente doméstico

+ Vinte cavalos são mortos a tiros em Kentucky, nos EUA

A premiação de Jesus é considerada ainda mais alta quando comparada aos valores destinados aos jogadores. Os atletas com maior número de jogos nos torneios receberam entre R$ 1,8 milhão e R$ 1,9 milhão pelos títulos.

De férias, o treinador embarcou ontem (23) para Portugal. Com a mala recheada de conquistas, passará os últimos dias do ano em sua terra natal. No início de 2020, comandará a pré-temporada rubro-negra em Algarve, região litorânea no extremo sul de seu país.

veja também:

+ Homem é baleado enquanto estava em praça no Litoral Norte da Paraíba

+ Bandidos usam caminhão de lixo para roubar posto de gasolina, em João Pessoa