Paraíba, quinta-feira, 22 de agosto de 2019
30° C
Busca

Portal T5

Futebol

FPF emite nota sobre reportagem da Folha que identifica torcedores fantasmas na PB

​A Folha de São Paulo divulgou uma reportagem, nesta terça-feira (22), em que teria identificado torcedores fantasmas no Campeonato Paraibano.

Por Redação Portal T5

11h18 - Atualizado 22/01/2019 às 11h21

A Folha de São Paulo divulgou uma reportagem, nesta terça-feira (22), em que teria identificado torcedores fantasmas no Campeonato Paraibano. A publicação mostra inconsistências no Programa Gol de Placa, do Governo do Estado.

Clique AQUI e leia a matéria na íntegra

A Federação Paraibana de Futebol (FPF), se pronunciou em nota:

O Programa Estadual denominado “Gol de Placa” é um programa de incentivo fiscal instituído pelo Governo do Estado da Paraíba em prol dos Clubes Paraibanos de Primeira Divisão.

Em primeiro lugar ressaltamos a importância desse programa firmado entre o Governo do Estado da Paraíba e os Clubes da Primeira Divisão do Campeonato Paraibano, fomentando o nosso futebol regional, tão carente em recursos e incentivos.

Afinal, o maior beneficiado é a sociedade em geral, com o desenvolvimento do desporto e do lazer.

No que tange ao controle do referido programa, tal responsabilidade é do Governo do Estado, agente financiador, através de seus órgãos de controle interno e também pelos órgãos fiscalizadores externos, como o Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB) e também o Ministério Público Estadual, como fiscal universal da lei. Aos clubes, por sua vez, cabe informar com precisão as informações do quantitativo dos ingressos para fins de recebimento dos valores.

A Federação Paraibana de Futebol não tem qualquer poder de fiscalizar e não tem qualquer ingerência no referido programa, visto que não faz parte do programa, o qual repita-se, possui apenas duas partes: de um lado o Governo e de outro lado os Clubes.

Quanto às acusações mencionadas pela reportagem de supostas fraudes praticadas por alguns Clubes com a inserção de nome de “torcedores fantasmas” nos borderôs das partidas ao longo dos últimos campeonatos, a Federação Paraibana de Futebol repudia com veemência tais práticas e sempre estará à inteira disposição para ajudar as autoridades competentes no que for necessário ao esclarecimento dos fatos e punição dos responsáveis com o máximo rigor da lei.

A atual diretoria da Federação Paraibana de Futebol, recém empossada, adotou como medida preventiva um Termo de Assunção de Responsabilidade onde todos os clubes assinaram referido documento se responsabilizando fiscal, civil e criminalmente pelas informações relativas aos torcedores beneficiados com o “Programa Gol de Placa”.

Sobre a indagação da reportagem se os antigos gestores da Federação conheciam tais práticas, entendemos que somente eles, os antigos gestores da FPF, que foram banidos do Futebol pela Operação Cartola, poderão responder a tais questionamentos.

A ATUAL diretoria da Federação Paraibana de Futebol, esclarece que não compactua com nenhuma irregularidade que venha a ser praticada por qualquer clube, a qualquer título for, e que caso venha a receber qualquer denúncia de fraude no programa Gol de Placas, irá encaminhar imediatamente tais denúncias ao Governo do Estado da Paraíba, à Polícia Civil, ao Ministério Público Estadual e ao Tribunal de Contas Estadual, autoridades competentes para apurar tais condutas delituosas.

Como forma de ajudar a combater as fraudes, a Federação Paraibana de Futebol irá instalar um Canal de Disk Denúncia, através de um telefone 0800 e também através da internet para receber todo e qualquer tipo de denúncias.

Por fim, a Federação Paraibana de Futebol está vivendo um novo tempo de mudança, como muita transparência, legalidade, moralidade e independência. Estamos no nosso primeiro mês de um mandato de 04 (quatro) anos recém iniciado. Na nossa gestão priorizaremos o combate às más práticas que mancharam a imagem do nosso futebol, que é uma paixão inata do povo paraibano, que é sério, honesto e orgulhoso do seu estado e da sua região nordeste.

Mesmo com todas as dificuldades, iremos avançar para resgatar o respeito ao nosso futebol e, principalmente, o respeito aos nossos milhares de torcedores.

A Federação Paraibana de Futebol