quarta-feira, 13 de novembro de 2019
Busca

Esportes

Esportes

Balotelli se revolta com gritos racistas, dá chutão e ameaça deixar campo

Por Redação Portal T5

15h53
Foto: Emilio Andreoli/Getty Images

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Mario Balotelli, do Brescia, se revoltou após aparentemente ser vítima de gritos racistas de torcedores do Verona em jogo deste domingo (3) válido pelo Campeonato Italiano.

Em uma disputa em uma das laterais do campo aos nove minutos do segundo tempo, o jogador pegou a bola não e deu um chutão em direção à arquibancada do Estádio Marcantonio Bentegodie, em Verona.

Na sequência, Balotelli começou a caminhar em direção ao vestiário, em uma clara ameaça de deixar o campo. Os companheiros dissuadiram o atacante da intenção e, na sequência, o sistema de som emitiu uma mensagem contra atitudes discriminatórias.

Após três minutos de interrupção, o jogo foi reiniciado com Balotelli em campo. O atacante ainda marcou um gol para o Brescia, que acabou derrotado por 2 a 1.
Este foi o segundo incidente na rodada do Campeonato Italiano que provocou interrupção de uma partida. Ontem, o árbitro parou o jogo entre Roma e Napoli até que torcedores do time da capital parassem de gritar cantos discriminatórias contras a equipe do sul da Itália.

Leia também:

Tema da redação do Enem 2019 é 'Democratização do acesso ao cinema no Brasil'

‘Show dos atrasados do Enem’ não rende e gera memes; candidatos chegam quase 3h antes