sábado, 07 de dezembro de 2019
Busca

Esportes

Esportes

Grêmio e Flamengo empatam em 1 a 1 na semifinal da Libertadores

Por intervenção do VAR, os cariocas tiveram dois gols de Gabigol e outro de Everton Ribeiro anulados.

Por Redação Portal T5

05h31
Diego Tardelli, do Grêmio, em lance com Gerson, do Flamengo, no empate por 1 a 1 entre as equipes, pela semifinal da Taça Libertadores da América de Futebol 2019, realizada na Arena em Porto Alegre (RS), na noite desta quarta-feira (2).
Diego Tardelli, do Grêmio, em lance com Gerson, do Flamengo, no empate por 1 a 1 entre as equipes, pela semifinal da Taça Libertadores da América de Futebol 2019, realizada na Arena em Porto Alegre (RS), na noite desta quarta-feira (2). Foto: Pedro H. Tesch/Agif/Folhapress

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Em jogo com três gols anulados após intervenção do VAR, Flamengo e Grêmio ficaram em um empate por 1 a 1, em duelo válido pela semifinal da Libertadores. O Flamengo abriu a contagem com Bruno Henrique, mas Pepê empatou.

Por intervenção do VAR, os cariocas tiveram dois gols de Gabigol e outro de Everton Ribeiro anulados. Apesar do protagonismo do árbitro argentino Néstor Pitana e do árbitro de vídeo, o Flamengo teve o domínio de maior parte da partida e esteve bem mais perto de marcar do que os donos da casa, que chegaram ao empate aos 42 minutos do segundo tempo.

Após o duelo de hoje, as equipes voltam suas atenções para o Brasileiro. No domingo, o Flamengo encara a Chapecoense, 11h, na Arena Condá. Já o Grêmio recebe no sábado a visita do Corinthians, às 19h. O jogo que definirá o finalista será no dia 23 de outubro, às 21h30, no Maracanã.

OS MELHORES: LUAN E BRUNO HENRIQUE

Luan, assim como toda a equipe do Grêmio, demorou a entrar na partida, mas, principalmente no segundo tempo, conseguiu fazer o time se movimentar e girar bem a bola no meio de campo. Bruno Henrique foi, novamente, decisivo em uma partida eliminatória desta edição de Libertadores. O atacante, de cabeça, abriu o placar em um momento que o Grêmio se mostrava melhor em campo e foi o protagonista rubro-negro em Porto Alegre.

QUEM FOI MAL: GALHARDO E ARRASCAETA APAGADOS

O lateral-direito Rafael Galhardo não esteve em uma boa noite. O jogador demonstrou equívocos no sistema defensivo - setor que o Flamengo conseguiu explorar - e, quando foi ao ataque, não conseguiu avançar nas trocas de passes. Pelo lado rubro-negro, Arrascaeta esteve abaixo do que vinha apresentando. Mesmo quando o Flamengo se mostrava com mais posse de bola, o camisa 14 não se mostrou tão ativo.

PAULO VICTOR É SALVO PELO VAR

Ex-Fla, o goleiro Paulo Victor não teve uma boa noite. Mal em reposições de bola, o gremista falhou nos lances dos gols anulados de Everton Ribeiro e Gabigol. No primeiro, saiu errado no lance. Já no segundo, colaborou decisivamente para que a bola do rubro-negro entrasse. No gol de Bruno Henrique, o tricolor caiu atrasado e não evitou a bola na rede.

Veja mais:

Após quatro dias e cerca de 200 mil litros de água usados, incêndio é controlado em lixão da PB