Paraíba, sábado, 20 de outubro de 2018
21° C
Busca

Esportes

Esportes

Brasil vence China e garante ida à 2ª fase do Mundial de vôlei

Com a vitória por 3 sets a 0, o Brasil torce por dois cenários no jogo entre França e Canadá para avançar na primeira colocação da chave

Por Carlos Rocha

19h49
Divulgação/ FIVB (Foto de arquivo)

A seleção brasileira fez sua parte na briga pela primeira colocação do Grupo B do Mundial masculino de vôlei. Os comandados de Renan Dal Zotto se impuseram diante da já eliminada China, nesta terça-feira (18), e venceram por 3 sets a 0 (25/21, 25/22 e 25/17).

O Brasil ainda terá que esperar pelo resultado da partida entre França e Canadá para saber a posição que avançará no torneio. Eles se enfrentam ainda nesta terça, às 14h30 (de Brasília).

Com a vitória por 3 sets a 0, o Brasil torce por dois cenários no jogo entre França e Canadá para avançar na primeira colocação da chave: uma vitória dos franceses por qualquer placar ou um triunfo do Canadá por 3 sets a 2 -nesse segundo cenário, o saldo de pontos entraria como critério de desempate.

Caso nenhum dos dois resultados se concretize, a seleção brasileira avançará na segunda colocação e jogará em Bolonha, na Itália -o primeiro colocado jogará em Milão. A segunda fase tem início previsto para esta sexta-feira (21). O Brasil ainda espera os demais jogos para saber quais adversários terá pela frente.

A seleção brasileira teve dois sets muito parecidos no início da partida contra a China. O bloqueio rival era a principal dificuldade encontrada pelos comandados de Renan Dal Zotto, com sete pontos perdidos nas duas primeiras parciais. Por outro lado, o Brasil seguia com problemas no fundamento: apenas dois bloqueios nos dois sets.

Mas uma atuação sólida de Wallace fez com que o jogo sempre estivesse no controle do Brasil -ele já havia sido o maior pontuador contra o Canadá. Ao fim dos dois primeiros sets, o oposto já possuía 14 pontos marcados. O desempenho ajudou a seleção brasileira a vencer as duas primeiras parciais por 25 a 21 e 25 a 22.

O terceiro set foi o mais tranquilo do Brasil na partida e o bloqueio chinês não era mais um problema tão grande. A equipe ditou o ritmo do jogo desde o início da parcial e não teve dificuldades para vencer por 25 a 17. O set confirmou Wallace como o principal pontuador da partida, com 21 pontos, nove a mais do que Douglas Souza, com 12. Com informações da Folhapress.