Paraíba, terça-feira, 17 de julho de 2018
25° C
Busca

Esportes

Esportes

Presidente da FPF analisa Paraibano com 12 clubes

O assunto ainda é uma incógnita. A gestão afirma "ouvir os envolvidos" para chegar a uma conclusão.

Por Cristiano Sacramento

12h23 - Atualizado 11/07/2018 às 14h17
Nosman Barreiro (à dir.) substitui Amadeu Rodrigues (ao fundo) no comando da Federação Paraibana de Futebol
Nosman Barreiro (à dir.) substitui Amadeu Rodrigues (ao fundo) no comando da Federação Paraibana de Futebol Foto: Reprodução / Patos Online

No próximo ano, o campeonato paraibano poderá ter 12 equipes. A informação foi acatada pela nova gestão da Federação Paraibana de Futebol (FPF), pautada após sugestões que vislumbram os desdobramentos da Operação Cartola, que investiga um suposto esquema de alteração dos resultados e compra de árbitros nas competições dos últimos anos.

Em entrevista ao Portal T5, o atual presidente, Nosman Barreiro, declarou que essa é uma possibilidade: “É um desejo da federação, veremos essa nova condição. Entretanto, isso não é encabeçado por nós, apenas ouvimos representantes de alguns clubes e eles demonstraram interesse”, afirmou.

+ Estádios poderão ser obrigados a instalar catracas de controle biométrico

De acordo com o dirigente, o fato pode ser entendido com uma solução para os desentendimentos provocados pela Operação Cartola.

Vamos sentar e ver uma questão legal. Temos o interesse, mas, não prejudicaremos, por exemplo, os clubes que disputam a segundona este ano”.

Prazo

Nosman disse que pretende reunir dirigentes das equipes até o mês de agosto. A data, entretanto, não foi confirmada. “Nossa palavra será sintonia total com os envolvidos”.

Segundona em 2018

Por enquanto, o paraibano da segunda divisão segue em curso, sem alteração.

Leia mais: Croácia e Inglaterra disputam nesta quarta-feira (11) segunda vaga para final da Copa