Paraíba, sábado, 17 de novembro de 2018
33° C
Busca

Esportes

Esportes

Goleiro do Egito passa a ser jogador mais velho a disputar um jogo de Copa do Mundo

Essam El-Hadary ganhou a titularidade para a partida contra a Arábia Saudita e, de quebra, passou a deter o recorde.

Por Redação Portal T5

11h32

Egito e Arábia Saudita fazem nesta segunda-feira (25) uma das partidas, digamos, mais “inúteis” da Copa do Mundo da 2018. É que as duas seleções já estão eliminadas do torneio, pertencendo ambas ao Grupo A, onde Uruguai e a anfitriã Rússia já haviam garantido a classificação antecipada.

Porém, os egípicios ao menos ganharam um prêmio de consolação, e entraram para a história ao deter uma marca bastante relevante: o país tem o jogador mais velho a disputar um jogo de Copa do Mundo da Fifa. É que contra a Seleção Saudita, o goleiro Essam El-Hadary, até então reserva, ganhou a titularidade, e ele tem nada mais, nada menos que 45 anos e 161 dias de idade.

O arqueiro estreou pelo Egito em 1996, e desde então havia atuado em 158 partidas internacionais, conquistando, por exemplo, a Copa Africana de Nações em quatro ocasiões – 1998, 2006, 2010 e 2014. O detalhe é que o último Mundial para o qual os egípicios conseguiram se classicar, antes de 2018, foi em 1990. Por isso, esta foi a primeira oportunidade que El-Hadary teve de jogar uma Copa do Mundo.

O recorde pertencia anteriormente ao também goleiro Faryd Mondragon, da Colômbia, que, na época com 43 anos, disputou uma partida contra o Japão na Copa do Mundo do Brasil em 201

Leia também:

Lesão tira Douglas Costa do jogo do Brasil contra a Sérvia

Segunda rodada termina neste domingo; siga o 11º dia da Copa