Paraíba, segunda-feira, 15 de outubro de 2018
22° C
Busca

Esportes

Esportes

Neymar pode se tornar o terceiro maior artilheiro da Seleção em amistoso desta sexta (12)

À frente de Neymar e Ronaldo Fenômeno estão apenas Zico, que anotou 66 gols durante os 10 anos que defendeu a Seleção Brasileira.

Por Redação Portal T5

07h51

O amistoso da Seleção Brasileira contra a Arábia Saudita, marcado para às 15 horas desta sexta-feira (12), no estádio da Universidade King Saud, em Riad, tecnicamente tem pouco valor, mas pode ser histórico, especialmente para um dos comandados do técnico Tite: Neymar.

O camisa 10 tem a chance de alcançar e de até mesmo ultrapassar Ronaldo Fenômeno na lista de artilheiros da Seleção pentacampeã mundial. Atualmente, o atacante do Paris Saint-Germain está com 59 gols marcados, contra 62 do antigo camisa 9.

À frente de Neymar e Ronaldo Fenômeno estão apenas Zico, que anotou 66 gols durante os 10 anos que defendeu a Seleção Brasileira, e o maior de todos, o Rei do Futebol, Pelé que tem 77 gols marcados com a camisa verde e amarela.

Este ano, o camisa 10 já ultrapassou outro atacante que marcou época no time brasileiro, Romário. E foi na Copa do Mundo, na vitória por 2 a 0 sobre a Costa Rica, quando fez o segundo da partida e chegou aos 56 gols, deixando o Baixinho para trás.

Segundo a Jovem Pan, se manter o bom retrospecto e seguir aproveitando fragilidade dos adversários, Neymar tem tudo para entrar para a história nesta sexta. Nos últimos quatro jogos disputados pelo PSG, o atacante anotou sete gols, três somente contra o Estrela Vermelha, pela Liga dos Campeões.