TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
Fraudes e desvios

MPF pede prisão de Carlos Arthur Nuzman por tempo indeterminado

Por Redação Publicado em
Nuzman

O Ministério Público Federal (MPF) do Rio de Janeiro pediu nesta segunda-feira a prisão preventiva do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB) Carlos Arthur Nuzman. Detido na última quinta-feira por cinco dias, o cartola seria solto nesta segunda. Caso pedido seja acatado, a detenção se dará por tempo indeterminado. O juiz Marcelo Bretas, da sétima Vara Federal Criminal do Rio, analisa a solicitação e deve dar uma resposta até o final da tarde.

Os procuradores também pediram a prorrogação da prisão temporária do ex-diretor do COB e do Comitê Rio-2016, Leonardo Gryner. Ele também foi preso na última quinta-feira, na segunda fase da operação 'Unfair Play' (Jogo Sujo).

O Ministério Público Federal (MPF) do Rio de Janeiro pediu nesta segunda-feira a prisão preventiva do presidente do Comitê Olímpico do Brasil (COB) Carlos Arthur Nuzman. Detido na última quinta-feira por cinco dias, o cartola seria solto nesta segunda. Caso pedido seja acatado, a detenção se dará por tempo indeterminado. O juiz Marcelo Bretas, da sétima Vara Federal Criminal do Rio, analisa a solicitação e deve dar uma resposta até o final da tarde.

Os procuradores também pediram a prorrogação da prisão temporária do ex-diretor do COB e do Comitê Rio-2016, Leonardo Gryner. Ele também foi preso na última quinta-feira, na segunda fase da operação 'Unfair Play' (Jogo Sujo).

Lance!



Relacionadas