terça-feira, 07 de abril de 2020
Busca

Portal T5

Economia

Com surto de coronavírus, Governo deveria tabelar preços de álcool em gel e máscaras?

Desde a primeira suspeita do vírus no Brasil, os valores de itens de higiene têm subido

Por Redação Portal T5

10h58

Com o surto de coronavírus em todo o país, itens de higiene e produtos hospitalares têm tido um aumenta expressivo no valor de venda. Com o acréscimo, pessoas questionam se o governo deveria tabelar o preços dos produtos.

Na França, a marca de álcool em gel mais comercializada teve alta de 700% e o país decidiu tabelar o preço do produto. No Brasil, consumidores já começam a reclamar dos valores.

Em São Paulo, o Procon começou a apurar os preços nas farmárcias. Um frasco de álcool em gel subiu de R$16 para R$42, cerca de 161%. Os hospitais também têm passado por uma situação parecida – o preço das máscaras subiu 569%, conforme informou a Associação Nacional de Hospitais Privados (Anahp).

Apesar dos números, o Ministério de Economia afirmou que não vai comentar as medidas para conter preços, assim como o governo de São Paulo, que descartou interferir no mercado por enquanto. Com equipe liberal, a expectativa é que o governo não façam uma intervenção no mercado.

Veja mais:

+

+