TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
atividade rural

Protagonismo da mulher na agricultura cresce no Brasil, aponta Censo

A pesquisa também revela uma tendência de envelhecimento do produtor.

Por Redação Publicado em
Solanea 15
Mulheres comandam atividade rural em sítio da cidade de Solânea, no Brejo paraibano Mulheres comandam atividade rural em sítio da cidade de Solânea, no Brejo paraibano Foto: Arquivo/Dennison Vasconcelos/Portal T5

O número de mulheres no comando de propriedades agropecuárias no Brasil aumentou de 12,7% em 2006 para 18,7% em 2017, alcançando um total de 946 mil. Além disso, outras 817 mil declararam participar da administração dessas propriedades de forma compartilhada.

É o que mostram os resultados definitivos do Censo Agro 2017, divulgados pelo IBGE, Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística. A pesquisa fez uma fotografia do meio rural do país, com dados relativos ao período entre 1º de outubro de 2016 e 30 de setembro do ano base.

Leia Também:

+ Suspeito de provocar acidente que deixou quatro feridos é preso após teste do bafômetro

+ João Pessoa tem 363 vagas de trabalho abertas nesta semana; veja a lista

Esse aumento, segundo o gerente do censo, Antônio Florido, pode estar ocorrendo por diversas razões.

O censo também revela uma tendência de envelhecimento do produtor. Se o comando das atividades por menores de 25 anos era de 3,3% em 2006, a proporção caiu para 2% em 2017, enquanto a participação de maiores de 65 anos subiu de 17,5% para 23,2%, na mesma base de comparação.

Antônio Florido afirma que o fenômeno é explicado pelo envelhecimento da população e a falta de sucessão no comando das propriedades, com os jovens migrando para outras atividades.

Com relação à escolaridade, o levantamento do IBGE mostra que cerca de 15,5% dos produtores nunca frequentaram a escola e 23% declararam não saber ler nem escrever. Do total entrevistado, 73% cursaram apenas o ensino fundamental, sendo que 66,5% destes não concluíram essa fase.

+ Mulher é espancada com cadeira em João Pessoa; marido está foragido

+ Suspeito de furtar residências é preso em flagrante em João Pessoa

+ Agências da Caixa seguem com horário estendido nesta segunda (28) para saque do FGTS

+ Dona de bar é assassinada após cobrar dívida de cliente em João Pessoa

A taxa de analfabetismo caiu em 11 anos. Em 2006 era 24,5%. Do total de produtores, 283 mil cursaram a graduação e 14,5 mil fizeram mestrado ou doutorado.

O recorte sobre raça e cor entrou pela primeira vez no censo agropecuário. Foi verificado que 45,4% dos produtores eram brancos, 44,5% pardos, 8,4% pretos, 1% amarelos e 0,6% indígenas. Os resultados mostram semelhanças com a distribuição constata nos censos demográficos brasileiros, como a PNAD- Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílio Contínua 2017.

Veja também:

Morre o ator e diretor Jorge Fernando

João Pessoa tem 363 vagas de trabalho abertas nesta semana; veja a lista

Radioagencia Nacional



Relacionadas