Paraíba, terça-feira, 13 de novembro de 2018
20° C
Busca

Portal T5

Economia

Croácia marca na prorrogação, vira sobre a Inglaterra e pega a França na final da Copa

Desde a separação da Iugoslávia, essa será a primeira decisão da Croácia em uma Copa do Mundo.

Por Vitor Feitosa

17h47 - Atualizado 11/07/2018 às 17h55
O atacante Manduzkic (dir.) foi o autor do gol da classificação à final
O atacante Manduzkic (dir.) foi o autor do gol da classificação à final Foto: AFP

Em sua primeira Copa do Mundo após ter se tornado de fato um país, com a separação da Iugoslávia, a Croácia foi terceira colocada em 1998. Mas o que os torcedores croatas não imaginavam era que, apenas 20 anos depois, sua seleção já conseguisse chegar a uma final de Mundial.

Nesta quarta-feira (11), a Croácia virou sobre a Inglaterra por 2 a 1, com um gol na prorrogação, e fará sua primeira decisão de Copa. A adversária será a França, outra campeã mundial, assim como os ingleses, e justamente o algoz em 98. A partida acontece no próximo domingo (15) ao meio-dia (horário de Brasília).

A semifinal desta tarde terminou com a felicidade dos croatas, mas no início foram os inventores do futebol que comemoraram. Logo aos 4 minutos de jogo, o lateral Trippier abriu o placar com um belo gol de falta.

A Inglaterra permaneceu com a vantagem até a metade da etapa final, quando Perisic empatou o duelo com um gol “de sola”. A partida então foi para a prorrogação, cenário que a Croácia viveu em outras duas oportunidades neste mundial – contra Dinamarca e Rússia -, onde se classificou nos pênaltis.

Mas a seleção do Leste Europeu estava decidida a não passar pelo mesmo sufoco novamente, e aos 2 minutos do 2º tempo da prorrogação, Manduzkic aproveitou uma bola cabeceada para a área por Perisic e deixou os torcedores em êxtase, selando a passagem para a grande final.

Na outra semi, a França eliminou a Bélgica na última terça-feira (11), com um gol do zagueiro Umtiti. Os franceses fazem sua segunda decisão no século XXI, tendo perdido a primeira para a Itália, na Copa do Mundo de 2006.

Leia também:

Fifa aciona na Justiça canal da Arábia Saudita que transmitiu Copa do Mundo ilegalmente

Maradona oferece recompensa para quem identificar autor de boatos contra ele durante a Copa