quarta-feira, 20 de novembro de 2019
Busca

Televisão

Televisão

Marcos Mion comenta caso de racismo em 'A Fazenda 11'; veja

O apresentador decidiu comentar sobre o caso de racismo dentro do reality show

Por Carlos Rocha

16h58 - Atualizado 08/11/2019 às 09h45

Nesta quarta-feira (6), repercutiu em toda a imprensa o caso e racismo envolvendo a modelo Sabrina Paiva e um operador de câmera dentro do reality show  'A Fazenda', da RecordTV. Na ocasião, o funcionário da emissora religiosa chamou a participante de macaca e o comentário vazou ao vivo para o público do programa.

+ Carlos Alberto sobre Andréa Nóbrega em 'A Fazenda 11': “Sem lógica”

+ Augusto Nunes e Glenn Greenwald trocam tapas durante entrevista ao vivo; assista

+ Irmão de Ivete Sangalo morre aos 54 anos em Salvador

Após a emissora se posicionar e demitir o funcionário, o apresentador do reality Marcos Mion comentou o caso: "Parece utópico imaginar que todo pai e toda mãe criem seus filhos e filhas em total igualdade? Sim, eu sei que sim. Mas se não começarmos não vamos atingir a igualdade de gênero NUNCA. E por mais que os resultados não apareçam na geração dos meus filhos, se não começarmos nós mesmos agora, nao virá em nenhuma geração. Se eu faço isso na minha casa, sei que vc tb pode fazer na sua! Por um mundo melhor!", escreveu em seu perfil no Instagram.

+ Dono da Havan suspende propagandas na Rede Globo

+ Estudante invade escola e atira em adolescentes em Minas Gerais 

+ Petrobras vende Liquigás por R$ 3,7 bilhões

Em comunicado oficial para a imprensa, a RecordTV esclareceu o episódio: "A Record TV informa que ontem, 05/11, durante o reality 'A Fazenda', ao vivo, um operador de câmera, posicionado atrás de um dos espelhos da sala, fez um comentário racista a respeito da participante Sabrina Paiva. Imediatamente ao fim do programa, a produtora Teleimage (que presta serviços à Record TV e é a contratante do operador de câmera), identificou o ofensor. Ele foi repreendido e teve seu contrato de trabalho rompido sumariamente. A Record TV repudia veementemente esta atitude e qualquer tipo de preconceito. Como se trata de ofensa racial, será informado à participante Sabrina Paiva que a ela será dado o direito de fazer a representação legal ao ofensor, se assim quiser e no momento que desejar", informou.

+ Bruno Gagliasso não renova contrato com a Globo

+ Após delação de Palocci, Polícia Federal faz operação contra lavagem e corrupção

Justiça determina que vereadores de Santa Rita devem responder processo em liberdade