Paraíba, quinta-feira, 17 de janeiro de 2019
30° C
Busca

Diversão

Televisão

Vegana fã de Luisa Mell vai entrar na casa do BBB 19; veja

Seu canal no YouTube tem pouco mais de 46 mil inscritos e vídeos de temas polêmicos, como aborto, veganismo e direito dos animais

Por Carlos Rocha

19h41 - Atualizado 09/01/2019 às 20h18
Foto: Divulgação/Aline Pollilo/Gshow

O youtuber carioca Hana Khalil, 22, vai sair da casa dos pais na Barra da Tijuca pela primeira vez para entrar na casa do Big Brother Brasil nessa 19ª edição.

Por isso, passou os últimos dias antes do confinamento em um hotel, à espera da casa, ouvindo frases como "Hana, não esquece de levar isso!" e "Você já pegou seu pijama?!" de sua mãe, a empresária Cláudia.

"Ela foi uma criança feliz, alegre, artística. Gostava muito de aparecer. Mas na adolescência, ela me deu muito trabalho. Hana me deu muito mais trabalho que o irmão [Carlinhos] que é mais caseiro", diz Cláudia, casada há 28 anos com o guitarrista e produtor cultural Robertinho do Recife.

Seu canal no YouTube tem pouco mais de 46 mil inscritos e vídeos de temas polêmicos, como aborto, veganismo e direito dos animais. Aos poucos, aprende a lidar com os "haters".

"No meu primeiro vídeo, fiquei muito mal. Eu sei que incomodo. Quando estão se incomodando comigo, isso é a projeção das próprias inseguranças delas. Só querem me derrubar porquê, de certa forma, se sentem atingidas", disse ao GShow.

Já mandou nudes, "mas só para pessoas que eu fico há muito tempo".

Vegana desde 2016, quando ficou "traumatizada" com um vídeo da youtuber Erin Janus sobre a indústria do leite, enfrentou resistência na família.

"Meus pais falavam que iria ficar fraca. Quando ficava doente, eles falavam que era por ser vegana", disse ao portal.

Com o tempo, conseguiu o apoio da família. "Quando quero fazer uma coisa mais gourmet, eu cozinho. Minha mãe também faz minha comida, me ajuda".

A carioca acredita que a opção por não comer carnes pode até ajudar na casa. "Se eu fosse só vegana, sem saber cozinhar, eu iria me ferrar. É bom porque tem vegetais, tem feijão. E em alguns momentos isso pode até me ajudar", disse ao GShow.

O problema, avalia, deve ser sua opinião forte. "Vou tentar ser mais flexível com as pessoas, mas posso fazer de um jeito que as pessoas gostem ou de um jeito que não era para fazer", afirma. A seu favor, disse em entrevista do quarto do hotel onde está confinada, que é "palhaça pra caramba, autêntica, divertida, muitas coisas".

No confinamento, diz que sente falta de ver televisão e dos filmes. "Poderia falar o celular, mas estou desintoxicada."

Na casa, vai gritar e deitar na grama para "ficar absorvendo". Diz ainda estar muito curiosa sobre os outros participantes.

Se ganhar o BBB, ela quer ter um santuário de animais. "Não só de cachorro e gato. Também quero ter um porco, um boi, vaca, um cavalo". Luisa Mell é seu ídolo "máximo na vida".

BBB 19

A Globo começou a divulgar nesta quarta a lista de participantes da 19ª edição do reality show, depois de muito mistério e pistas verdadeiras ou não dadas por Boninho, diretor do programa, pelas redes sociais.