TV Tambaú
Jovem Pan
Nova Brasil Maceió
º
Jornalista da Globo

Após 17 dias, apresentador que levou tiro já respira sem aparelhos

Por Redação Publicado em
Alexandre farias

Vítima de uma bala perdida no dia 16 de setembro, pouco tempo depois de sair da TV Asa Branca, afiliada da Globo em Caruaru (PE), o jornalista Alexandre Farias abriu os olhos e já respira sem a ajuda de aparelhos. Uma melhora clínica significativa que animou os familiares do jornalista e deixou os próprios médicos surpresos.

Alexandre Farias tinha acabado de apresentar o telejornal local "ABTV - 2ª edição" e estava a caminho de casa, no dia 16, quando ficou no meio de um fogo cruzado entre a polícia e suspeitos que teriam roubado um carro. Os bandidos ainda atropelaram dois socorristas do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) na fuga.

O jornalista foi levado às pressas para o hospital, passou por um procedimento cirúrgico que durou quatro horas e teve perda de parte da massa encefálica. O tiro acertou na parte frontal da cabeça, pouco acima do olho. A bala permanece alojada, já que os médicos optaram por não retirá-la pelo menos por enquanto.

Em entrevista ao UOL, por telefone, José Santos Júnior contou que o irmão abriu os olhos, já mexe um dos braços, interage com os familiares através de sinais e respira sem a ajuda de aparelhos. "Graças a Deus. São boas notícias que nos deixaram muito felizes", disse Júnior, que ressaltou ainda a surpresa dos médicos sobre a boa recuperação do apresentador.

Prisão de suspeitos

A Polícia Militar realizou poucos dias depois uma operação em um sítio no distrito de Lagoa de Pedra, área rural de Caruaru (PE). Os policiais foram recebidos a tiros.

Três homens foram presos, um morto e um está foragido, de acordo com informações da TV Jornal, afiliada do SBT em Pernambuco. Eles teriam envolvimento no caso de Alexandre Farias.

UOL



Relacionadas