sexta-feira, 28 de fevereiro de 2020
Busca

Gente famosa

Gente famosa

Filho de Pelé nega depressão do pai e lamenta 'repercussão infeliz' de fala

"Ele está bastante fragilizado em relação à mobilidade", disse.

Por Redação Portal T5

16h40 - Atualizado 13/02/2020 às 16h54
Edinho e Pelé
Edinho e Pelé Foto: Reprodução / Agência O Globo

SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Após afirmar que Pelé está com "certa depressão", o ex-goleiro Edinho, filho do rei do futebol, voltou atrás e garantiu que o pai está bem. Convidado do Bola da Vez, programa da ESPN, ele lamentou a "repercussão infeliz" de declaração que veio a público na segunda-feira (10).

Possível caso de coronavírus é investigado no RN

Na ocasião, Edinho havia falado sobre o estado de saúde do pai em entrevista ao Globoesporte.com. "Ele está bastante fragilizado em relação à mobilidade. Ele fez o transplante do quadril e não fez uma reabilitação adequada, ideal. Então, ele está com esse problema da mobilidade, que acaba acarretando uma certa depressão, um quadro ali", disse. À ESPN, ele voltou a tratar do tema, mas negou que o tricampeão mundial com a seleção brasileira esteja depressivo.

"Foi uma colocação que eu fiz que foi tirada um pouco do contexto. Eu, de vez em quando, traduzo o inglês para o português, então, a palavra depressão é só um estado emocional, não é um quadro clínico ou um diagnóstico que eu fiz. Foi simplesmente uma frustração. Não é um quadro clínico, é só uma visão íntima do filho, e teve essa repercussão infeliz", afirmou o atual coordenador técnico e de desenvolvimento das categorias de base do Santos na nova entrevista.

Já sobre as poucas aparições públicas do pai, o ex-jogador afirmou que isso é uma consequência da fama. "Ele sempre foi caseiro, é algo que existe mais pela inerência da fama, como Michael Jackson, Neymar. Essas pessoas não podem conviver na rua. É o preço que elas pagam por ser quem são", comentou.

Edinho ainda falou sobre a relação com o pai, atualmente com 79 anos. Além de trabalhar no Santos, ele auxilia Pelé. "A gente é pai e filho, às vezes os papeis se invertem, amigos e irmãos. Hoje sou administrador da vida pessoal dele, da família, então nossa relação não tem como ser mais forte", disse.

A entrevista completa com Edinho, filho de Pelé, vai ao ar neste sábado (15), às 23h, na ESPN Brasil.

Leia mais: Chuvas intensas devem atingir quase 130 cidades da Paraíba, diz Inmet

Crime tem características de execução, diz polícia sobre corpo encontrado em mangue de JP

ALPB suspende atividades durante 14 dias para realizar reparos em ar-condicionado

Em crise, venezuelanos refugiados pedem socorro em João Pessoa

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione o WhatsApp do Portal T5: (83) 9 9142-9330.