sábado, 19 de setembro de 2020
Busca

Gente famosa

Gente famosa

Fãs especulam sobre noivado de Taylor Swift após divulgação de parte da música 'Lover'

Por Redação Portal T5

18h00 - Atualizado 11/08/2019 às 17h30

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A divulgação da edição de setembro da Vogue America, que traz Taylor Swift, 29, na capa, já mostrou algumas revelações sobre a vida pessoal da cantora. Dessa vez, os fãs especulam que ela esteja noiva do namorado, Joe Alwyn, 28.

Miley Cyrus é flagrada aos beijos com a influenciadora Kaitlynn Carter, diz revista

Tudo porque Swift revelou na entrevista um trecho da música "Lover", que dá nome ao seu novo álbum, e a interpretação dos versos tem causado euforia entre os fãs.

A canção diz: "My heart's been borrowed and yours has been blue/ All's well that ends well to end up with you" (Meu coração foi emprestado e o seu esteve azul/ Tudo fica bem quando termina bem para terminar junto com você; em tradução livre). Nos Estados Unidos, país de origem da cantora, há uma tradição que para se ter sorte no casamento é preciso usar "algo novo, algo antigo, algo emprestado e algo azul" durante a cerimônia.

Velório do torcedor do Botafogo-PB morto durante partida no RN acontece neste domingo (11)

Vale lembrar que a palavra "blue", equivalente a azul em inglês, é associada a tristeza nos EUA. A publicação da revista garante, ainda, que Swift esconde sinais de seus próximos lançamentos nos detalhes e de sua vida pessoal e suas composições, o que justifica a especulação dos fãs.

Além disso, para aumentar ainda mais as suposições sobre o noivado da artista, Taylor curtiu uma publicação em seu Tumblr que falava sobre a referência: "Espera... Meu coração foi emprestado e o seu foi azul... Algo emprestado e algo azul... Senhora", escreveu uma fã.

Lover já possui duas faixas lançadas, o lead single ME! em parceria com Brandon Urie, da banda PANIC! At The Disco, e a mais recente You Need To Calm Down, abertamente dedicada à comunidade LGBTQ. O último lançamento fez aumentar as doações ao Glaad (Gay & Lesbian Alliance Against Defamation), uma organização que monitora e luta pela representação LGBTQ na mídia.

Veja mais:

“Meu pai me ensinou a ser pró-governo”, diz Patrícia Abravanel em elogio a Bolsonaro