domingo, 12 de julho de 2020
Busca

Gente famosa

Gente famosa

Namorada de Rafael Miguel faz tatuagem em homenagem ao ator

A foto que publicou nas redes sociais mostra a frase "Together, Always" (Juntos para sempre).

Por Redação Portal T5

11h52 - Atualizado 20/06/2019 às 11h54

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Isabela Tibcherani, 18, namorada do ator Rafael Henrique Miguel, 22, que foi assassinado, fez uma tatuagem em homenagem a ele. A foto que publicou nas redes sociais mostra a frase "Together, Always" (Juntos para sempre).

+ E se os participantes do MasterChef fossem desenhos animados? Confira

Rafael Henrique ficou conhecido por interpretar a personagem "Paçoca" na novela infantil Chiquititas (SBT). Ele e os pais foram mortos a tiros no bairro Pedreira (zona sul da capital), quando iriam visitar a namorada do artista. Segundo o boletim registrado pela polícia, o ator, acompanhado de seus pais, João Alcisio Miguel, de 52 anos, e Miriam Selma Miguel, 50, foram até a casa de sua namorada para conversar com o pai dela sobre o namoro, por volta das 14h. As vítimas foram recepcionadas pela mãe e pela namorada de Miguel.

+ Musa da Copa de 2010 faz ensaio sensual em Belo Horizonte

Quando a família era recepcionada, o pai da garota, um comerciante de 48 anos, teria chegado com uma arma e, em seguida, atirado contra as três vítimas, que aguardavam no portão da casa do atirador. As vítimas morreram no local. Após os disparos, o suspeito fugiu, segundo a polícia. A motivação do crime ainda é investigada. A SSP (Secretaria da Segurança Pública), gestão João Doria (PSDB), disse que o caso é investigado pelo 98º DP (Jardim Miriam). "As equipes estão em diligência para localizar e prender o autor do crime", diz trecho de nota.

+ Anitta diz preferir beijo de mulheres: "são mais delicados"

Trabalhos na TV Rafael Miguel ficou famoso em um comercial, quando pedia para a mãe comprar brócolis no supermercado. Além de "Chiquititas", ele também fez trabalhos nas novelas "Pé na Jaca" e "Cama de Gato", da Globo.

+ Vídeo: Meteoro é registrado em cinco cidades do Nordeste