segunda-feira, 18 de novembro de 2019
Busca

Gente famosa

Gente famosa

Elton John diz que escreveu biografia para que seus filhos soubessem a verdade sobre ele

Segundo ele, foi uma experiência dolorosa, mas pela qual decidiu passar para que seus filhos soubessem a verdade sobre sua história

Por Carlos Rocha

13h24 - Atualizado 11/11/2019 às 09h46
Foto: Reprodução / Internet

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Após uma carreira de sucessos e uma porção de livros e reportagens sobre sua vida, o cantor Elton John, 72, lançou no mês passado sua primeira e única autobiografia. Segundo ele, foi uma experiência dolorosa, mas pela qual decidiu passar para que seus filhos soubessem a verdade sobre sua história.

Pai de dois meninos, Zachary, 8, e Elijah, 6, com o marido, David Furnish, 57, Elton John fala sobre vícios, sexo, ciúmes, seus problemas com a mãe e até sobre implantes de cabelo na autobiografia "Me". O resultado é muito mais profundo do que o já mostrado no filme "Rocketman" (2019), também sobre o músico.

+ Sotaque de apresentadora paraibana na bancada do JN repercute nas redes sociais

+ Hotel do jogador Hulk, em João Pessoa, terá 124 suítes; veja imagens

+ Vídeo: Luciano Huck se pronuncia sobre o avião dele ter sido usado por Lula

+ João Pessoa tem 354 vagas de emprego nesta semana; veja a lista

Siga nosso Instagram Facebook e fique bem informado! 

Adicione nosso WhatsApp: (83) 9 9142-9330.

"Minha mãe deu algumas entrevistas, mas eu não respondi, porque você não pode responder à imprensa, elas sempre tem a última palavra. Mas eu queria, neste livro, corrigir algumas coisas, não acertar as contas, mas apenas dizer o que realmente aconteceu para que eles [os filhos] pudessem ler", afirmou ele à BBC Rádio 2.

"Muitos livros foram escritos sobre mim, muitas biografias, mas os autores não tiveram acesso a mim, portanto não são exatamente precisos", continua o cantor, que jurou pelos filhos que tudo que está na autobiografia "Me" é verdadeiro.

Elton John anunciou em janeiro do ano passado uma turnê de despedida, para então se aposentar dos shows em 2020. Segundo ele, a decisão também foi tomada por conta da família. "Subir no palco e tocar é fácil, por que eu amo isso. São as viagens que desgastam", afirmou ele.

"Eu viajo de maneira muito luxuosa, mas viajo desde os 17 anos, e a razão pela qual quero parar é, obviamente, porque quero passar mais tempo com David e os meninos. Na última parte da minha vida, quero fazer algo diferente, não quero continuar."