Paraíba, domingo, 21 de outubro de 2018
33° C
Busca

Diversão

Gente famosa

Wesley Safadão terá que pagar 40 salários mínimos de pensão, decide justiça

Além disso, segundo o Diário do Nordeste, “a Justiça determinou que o cantor deverá pagar, anualmente, uma viagem internacional para Yhudy com Mileide Mihaile, em primeira classe, que inclui babá e dez salários mínimos para as despesas”.

Por Redação Portal T5

17h14 - Atualizado 27/07/2018 às 17h15

Após mais de sete horas de audiência, a 12ª Vara de Família do Fórum Clóvis Beviláqua, de Fortaleza-CE, decidiu que o cantor Wesley Safadão terá que pagar 40 salários mínimos de pensão alimentícia para o seu filho Yhudy, fruto de seu relacionamento com a digital influencer Mileide Mihaile. A informação é do Jornal Diário do Nordeste.

Mileide era casada quando começou a se relacionar com Safadão, revela colunista

Segundo a publicação, Mileide, representante legal de Yhudy, vai receber mais de R$ 38 mil por mês. Antes da audiência, realizada nesta sexta-feira (27), Safadão pagava oficialmente 10 salários mínimos.

Safadão chora ao se pronunciar sobre polêmica envolvendo ex-mulher e pensão do filho

Além disso, segundo o Diário do Nordeste, “a Justiça determinou que o cantor deverá pagar, anualmente, uma viagem internacional para Yhudy com Mileide Mihaile, em primeira classe, que inclui babá e dez salários mínimos para as despesas”.

Ainda na audiência, a Justiça permitiu que Wesley Safadão pague a mensalidade e a matrícula do colégio de Yhudy e desconte do valor da pensão. O restante do valor será administrada pela mãe da criança, Mileide. “O cantor também pagará, sem descontar do valor da pensão, o plano de saúde e o imposto de renda de Yhudy. A Justiça determinou, ainda, que a atual esposa de Wesley Safadão, Thyane Dantas, não pode mais buscar a criança na escola”, diz a publicação.

+  Ex de Wesley Safadão revela com detalhes como flagrou traição do cantor