Paraíba, quinta-feira, 17 de outubro de 2019
30° C
Busca

Gente famosa

Gente famosa

Biel é acusado de agredir esposa e pode ser deportado dos EUA

O cantor se afastou da mídia recentemente em função de uma acusação de assédio sexual, por uma repórter do IG.

Por Redação Portal T5

15h54
Biel e Duda eram casados e estavam morando em Los Angeles, nos EUA
Biel e Duda eram casados e estavam morando em Los Angeles, nos EUA Foto: Reprodução/Internet

O cantor Biel está envolvido em mais um episódio polêmico. Nesta sexta-feira (20) o programa Fofocalizando, do SBT, divulgou que ele teria agredido moralmente e fisicamente a esposa, Duda Castro, de 26 anos, com quem mora nos Estados Unidos.

De acordo com a modelo, a agressão aconteceu no domingo de Páscoa na residência do casal, em Los Angeles. Ao jornalista Léo Dias, Duda contou que uma discussão entre os dois fez com que Biel levasse 13 pontos na testa, enquanto ela acabou sendo agredida pelo cantor e até mesmo pela irmã dele, Giovana.

Leia também: DJ sueco Avicii morre aos 28 anos

 Problema de saúde afasta Thiago Fragoso de ‘O outro lado do paraíso’

Esse caso motivou, inclusive, a prisão dela, apesar de todos os machucados aparentes, e tudo isso teria sido planejado por Biel e amigos. Ainda segundo Léo Dias, depois dos episódios de briga, a maior preocupação do artista era não perder seu Green Card (documento que autoriza a permanência por tempo ilimitado nos Estados Unidos).

“Ele me conquistou aos poucos, mas veio morar comigo nos Estados Unidos no segundo mês de namoro, quando sua equipe sugeriu que ele sumisse, por conta dos escândalos de assédio que ele vivia no Brasil”, declarou Duda, relembrado o caso da repórter do IG, que denunciou Biel por assédio sexual após uma entrevista que o funkeiro concedeu ao portal, em 2016, fato que gerou grande repercussão e causou o afastamento do cantor da mídia.

“Logo em seguida me pediu em casamento para se legalizar nos Estados Unidos, fato assumido por ele no último mês do matrimônio. Sofri nos últimos 7 meses tudo quanto foi tipo de violência verbal, sexual e psicológica. Ele me abandonou diversas vezes, me traiu, me afastou dos meus amigos, me manteve dormindo no chão de casa nos últimos meses e, muitas vezes, sem comida. Sofri muita humilhação”, completou a modelo.

O caso de agressão será julgado no próximo dia 26 de abril, na Corte americana, e pode causar até a deportação de Biel ao Brasil.