Paraíba, segunda-feira, 16 de setembro de 2019
30° C
Busca

Gente famosa

Gente famosa

Danilo Gentili faz piada com youtuber é acusado de gordofobia

O humorista está sendo acusado de gordofobia após uma piada sobre a youtuber Alexandra Gurgel

Por Carlos Rocha

21h16 - Atualizado 28/12/2017 às 21h28

Mais uma polêmica envolvendo o apresentador Danilo Gentili veio à tona e dividiu a opinião de internautas. O humorista está sendo acusado de gordofobia após uma piada sobre a youtuber Alexandra Gurgel.

A "treta" teve início a partir da repercussão de uma matéria especial da BBC sobre o gordofobia. Na matéria, pessoas que estavam acima do peso relatam experiências sobre a realidade de exclusão e preconceito que vivem.

Danilo compartilhou o link da reportagem da BBC com a legenda: "Se chatice for doença..."

Em seguida publicou: "Eu vou falar uma coisa... eu sei que é difícil de acreditar... mas mano... eu juro... acabei de jantar aqui... e juro... é difícil acreditar mas...eu comi mais que essa mina...".

Poucos dias depois,  Alexandra usou seu canal, "Alexandrismos", para publicar um vídeo resposta ao apresentador. A publicação já passa das 120 mil visualizações, em que diz que o mundo está ficando chato para o senso comum, pois agora minorias estão ganhando visibilidade, espaço e representatividade. “Hoje em dia fazer piada com gordo, negro, gay, mulher não é mais engraçado. Você não tira mais riso disso”, finaliza.

A matéria

“‘A gente não quer mais ser visto como doente’: a vida de quem é alvo de gordofobia” esse era o título da reportagem que trazia Alexandra Gurgel como primeira personagem. A youtuber e jornalista, de 28 anos, chegou a comentar que, geralmente, viaja de avião sem o cinto de segurança,e que, inclusive, não o fechou durante sua última viagem aérea.

Alexandra disse ainda, que já teve depressão, fez dietas, lipoaspiração e tentou se matar, por não se aceitar e ser refém de pressão da sociedade. Desde 2015, ela possui um canal no YouTube no qual fala sobre situações relacionadas a pessoas gordas. “Eu costumo dizer que a câmera é a minha terapeuta”, disse.