Paraíba, domingo, 25 de agosto de 2019
30° C
Busca

Diversão

Diversão

Maria Júlia Coutinho será a primeira mulher negra na bancada do "Jornal Nacional"

Jornalista chega a bancada 17 anos após o primeiro apresentador negro, Heraldo Pereira ocupar a bancada.

Por Redação Portal T5

12h03 - Atualizado 13/02/2019 às 12h50

O Jornal Nacional terá sua primeira apresentadora negra da história. A jornalista Maria Júlia Coutinho vai estar na bancada no próximo sábado (16).

A novidade chega após 17 anos da participação do primeiro apresentador negro na bancada do telejornal, o jornalista Heraldo Pereira. Ele tem participado desde então de alguns fins de semana da bancada do programa. Maju fará o mesmo, de início, na escala de sábado.

O Jornal Nacional completa 50 anos em 2019 e tinha no início dois homens como apresentadores, Cid Moreira e Sérgio Chapelin. 

A primeira mulher a apresentar o “JN” não tardou, mas como substituta. Foi Márcia Mendes que esteve na bancada do programa em 8 de março de 1972, numa homenagem ao Dia Internacional da Mulher.

A primeira mulher negra a aparecer no noticiário foi Glória Maria, como repórter em um link, em 1977.

Desde 1996, o “JN” tem uma dupla formada por homem e mulher como titulares da atração.

Maju começou sua carreira em 2005, na TV Cultura, onde comandou o "Jornal da Cultura" e o  "Cultura Meio-Dia". Em 2007 iniciou na Globo como repórter e  em 2013 surgiu fazendo a previsão do tempo. Em junho de 2017 apresentou o "Jornal Hoje".