Paraíba, quarta-feira, 22 de maio de 2019
30° C
Busca

Concursos e Empregos

Concursos e Empregos

CFO da Polícia Militar terá alterações; veja o que muda

A principal dúvida era em relação ao modo de ingresso no concurso, por conta das mudanças anunciadas no ano passado.

Por Redação Portal T5

10h30
Foto: Divulgação/ PMPB

O Diário Oficial do Estado (DOE), desta quarta-feira (8), trouxe informações importantes para quem deseja ingressar no Curso de Formação de Oficiais (CFO) da Polícia Militar da Paraíba. A principal dúvida era em relação ao modo de ingresso no concurso, por conta das mudanças anunciadas no ano passado.

Conforme o Diário Oficial, o CFO deste ano será pelo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) e pode concorrer o candidato que tiver nível médio de ensino. Este será, inclusive, o último ano com essa característica.

+ Afiliada da Globo demite 40 jornalistas e âncora aproveita para xingar Bolsonaro

+ Sem conseguir avental no Brasil, ex-candidata tenta entrar no 'MasterChef' Portugal

A assessoria de imprensa da PMPB, lembra que é importante que o candidato fique atento e faça a inscrição no Enem, pois a prova do ensino médio será a primeira fase do concurso. Além da inscrição do Enem, o candidato fará a inscrição na Polícia Militar, que serve para as próximas etapas. O edital deve ser publicado nas próximas semanas, com número de vagas e os critérios.

A idade exigida (18 a 32 anos, até 31 de dezembro de 2020, que é o ano da matrícula) e a altura mínima (1,65 m para masculino e de 1,60 m feminino). Essa idade é para quem ainda não é integrante da pm (porque há o caso de soldados e policiais de outras graduações que resolvem prestar o concurso também); Em 2020, o CFO não será mais pelo Enem, será um concurso público e só poderá concorrer quem tiver nível superior de ensino.

+ Antes e depois da harmonização facial de Joelma impressiona fãs; veja foto

+ "Quem é você para falar comigo assim?", teria dito Neymar em briga com Draxler

O CFO

O concurso é composto por 5 fases: intelectual (que esse ano ainda será pelo Enem), psicológica; saúde, aptidão física e avaliação social.

Quem for aprovado, entra no curso como cadete e já recebe remuneração de mais de R$ 2.500 reais, no primeiro ano de curso, valor que é reajustado em cada ano. São três anos de formação.

Em 2018, foram registrados 5.589 inscritos para as 25 vagas do sexo masculino e 1835 para as 5 vagas do sexo feminino.

A nota chegou a 805,66 pontos no Enem no masculino e 772,62 pontos no feminino; Atualmente, o salário do 2º tenente, que é o posto que os aprovados vão ocupar depois de passar os três anos de formação e o tempo como aspirante, é de mais de R$ 6.500.

+ Após cancelamento de voos da Avianca, passagens aéreas nacionais têm aumento de 14%

+ Filho de Meghan Markle e Príncipe Harry tem primeiras fotos divulgadas; confira