Paraíba, quarta-feira, 17 de julho de 2019
30° C
Busca

Concursos e Empregos

Concursos e Empregos

Concurso com mil vagas para o magistério da Paraíba será lançado nesta quarta-feira

De acordo com o chefe do Executivo Estadual, durante os quatro anos de gestão, haverá concurso público anualmente para o magistério, totalizando quatro mil vagas até 2022. “

Por Redação Portal T5

16h39 - Atualizado 15/04/2019 às 17h08

O governador João Azevêdo divulgou, nesta segunda-feira (15), que o lançamento do edital do concurso público ofertando mil vagas para o magistério será realizado em uma solenidade nesta quarta-feira (17), em João Pessoa. Após o lançamento, o edital contendo todos os detalhes do concurso, será publicado no Diário Oficial do Estado. O anúncio foi feito durante o programa Fala Governador, transmitido em cadeia estadual pela Rádio Tabajara e pelas redes sociais do Governo.

O concurso público para a área da Educação vai oferecer 72 vagas para Artes; 150 vagas para Biologia; 68 vagas para Educação Física; 6 vagas para Filosofia; 47 vagas para Física; 72 vagas para Geografia; 78 vagas para História; 18 vagas para Língua Espanhola; 61 vagas para Língua Inglesa; 195 vagas para Língua Portuguesa; 199 vagas para Matemática; 28 vagas para Química e 6 vagas para Sociologia.

Ainda de acordo com o chefe do Executivo Estadual, durante os quatro anos de gestão, haverá concurso público anualmente para o magistério, totalizando quatro mil vagas até 2022. “Este é um compromisso nosso, nos quatro anos de Governo vamos lançar concursos para mil professores a cada ano. Lançar este edital na quarta-feira me dará uma alegria muito grande, porque a política de educação é a mãe de todas as políticas. Podem começar a estudar porque isso é realidade e o concurso terá diversas áreas”, afirmou o governador.

Leia Também:

+ Catedral de Notre-Dame ficou famosa por livro de Victor Hugo e filme da Disney

+ Ministério das Relações Exteriores concede a Edir Macedo passaporte diplomático

+ Bruna Marquezine ironiza vídeo de mulher falando sobre ser corna: “a cara nem arde, né?”

+ Bolsonaro 'não acredita totalmente' no que diz sobre nazismo, diz Mourão